Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Boeing pede autorização para fazer testes no 787

A Boeing pediu autorização à US Federal Aviation Administration (FAA) para fazer testes de voo ao seu avião 787 Dreamliner, noticiou a BBC.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 05 de Fevereiro de 2013 às 12:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

No mês passado, as autoridades americanas tinham exigido que a Boeing deixasse em terra os seus Boeing 787 Dreamliner, devido a problemas com as baterias.

 

Alguns analistas, citados pela BBC, afiançam que a Boeing poderá estar próxima de resolver o problema.

 

Peter Conte, representante da Boeing, disse à mesma publicação que o pedido da fabricante está a ser analisado pela FAA

 

“Esta é a indicação que a Boeing poderá já ter encontrado qual é o problema e está à procura de o resolver e isso só é possível através de testes de voo”, afirmou o analista Chris de Lavigne, da Frost & Sullivan, citado pela BBC.

 

Os escritórios da GS Yuasa, a fabricante das baterias que se pensa estarem na origem dos problemas verificados nos aviões 787 Dreamliner da Boeing, foram revistados pelo Ministério do Transporte do Japão e pela reguladora norte-americana da aviação, de acordo com a agência Bloomberg.

 

As baterias da GS Yuasa estão no centro das atenções, já que é a elas que se atribuem, sem provas, os incidentes que ocorreram com os aparelhos da Boeing na última semana. A bateria de um avião 787 da Japan Airlines pegou fogo, enquanto um outro avião, da All Nippon Airways, teve de proceder a uma aterragem de emergência.

Ver comentários
Saber mais Boeing Dreamliner Japão FAA
Outras Notícias