Aviação Governo da Madeira revela que lugares de avião perdidos deverão ser repostos no Inverno

Governo da Madeira revela que lugares de avião perdidos deverão ser repostos no Inverno

O Governo Regional da Madeira revelou este sábado que "a larga maioria dos lugares de avião perdidos" desde o Reino Unido e a Alemanha deverá ser reposta "no próximo Inverno".
Governo da Madeira revela que lugares de avião perdidos deverão ser repostos no Inverno
Sofia A. Henriques/Negócios
Lusa 25 de agosto de 2018 às 18:25

"Graças ao esforço que tem vindo a ser desenvolvido pela ANA, em articulação com o Governo Regional e a Associação de Promoção da Madeira, a larga maioria dos lugares de avião perdidos desde o Reino Unido e a Alemanha, para a Região, deverá ser reposta já no próximo Inverno", é referido num comunicado do Governo Regional da Madeira.

 

Um dia depois de uma reunião, em Lisboa, entre o vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, a secretária regional do Turismo, Paula Cabaço, e a administração da ANA, o executivo madeirense adianta que, no encontro, foram discutidas as acessibilidades aéreas "de e para a região", "a reposição dos lugares de avião para o próximo inverno" e "a necessidade premente da região captar novas rotas e novas frequências".

 

Relativamente aos "lugares perdidos", o Governo Regional recorda que decorrem da falência das companhias aéreas Monarch, Niki e Air Berlin.

 

"No caso do Reino Unido, estima-se que esta reposição ronde os 82%, reposição que se espera praticamente integral. Quanto ao mercado alemão, com uma expectativa de 97% de lugares de avião repostos", lê-se na nota do Governo.

 

No encontro, é ainda referido, foi também discutida a performance do Aeroporto da Madeira e o Plano de Contingência turístico.




pub