Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Isabel dos Santos desmente compras em Cabo Verde

Isabel dos Santos desmente que vá comprar uma posição de 40% na companhia aérea Halcyonair Cabo Verde Airways. A informação tinha sido adiantada pelo jornal cabo-verdiano “A Semana”.

Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 17 de Dezembro de 2012 às 19:15

Segundo “A Semana”, a entrada de capital na Halcyonair “é uma oportunidade para que a transportadora recomece a voar”. A empresa encontrava-se em situação de crise financeira desde o ano passado, pelo que a entrada de Isabel dos Santos é vista como essencial para a sua recuperação. O negócio deverá estar concluído até á primeira quinzena de Outubro.

 

As movimentações de Isabel dos Santos não se esgotam aqui. Um outro jornal cabo-verdiano, “A Nação”, avançou a informação de que a empresária estaria interessada no BCN (Banco Caboverdiano de Negócios), cujo maior accionista é o Banif com 51,69% do capital. A SEPI (Sociedade de Estudos e Promoção de Investimentos), que reúne investidores cabo-verdianos tem uma posição de 43,87% e a Cruz vermelha de Cabo Verde controla 4,44%.

 

Já em Outubro, Isabel dos Santos deslocou-se a Cabo Verde para fechar a compra da operadora de telecomunicações T +, a qual detém uma quota de mercado de 25%.

 

Questionada pelo Negócios sobre estas compras em Cabo Verde, da Halcyonar e do Banco Caboverdiano de Negócios, fonte oficial de Isabel dos Santos “nega qualquer fundamento” às notícias avançadas pelos jornais “A Semana” e “A Nação”, respectivamente, exceptuando o investimento na operadora T+ anunciado em Outubro.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio