Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Já há acordo na Ibéria para haver menos 666 despedimentos do que o previsto

Foi assinado o entendimento entre os sindicatos e a administração da Iberia para que sejam despedidos 3.141 funcionários, em vez dos 3.807 inicialmente avançados.

Bloomberg
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 13 de Março de 2013 às 14:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A maioria dos sindicatos e a administração da Iberia chegaram a acordo para que haja menos 666 despedimentos na empresa, tal como propôs o mediador de conflito. A greve, prevista para o período entre 18 e 22 de Março, deverá ser desconvocada.

 

A proposta do mediador terá sido hoje, 13 de Março, assinada tanto pelo director de recursos humanos da empresa como por representantes dos vários sindicatos, avança a Europa Press. Falta, contudo, o sim do sindicato dos pilotos, cujo processo de aprovação do acordo é mais lento.

 

Já tinha sido noticiado que a maioria dos sindicatos se mostrava favorável à proposta do mediador Gregório Tudela, que propôs a eliminação de 3.141 postos de trabalho, em vez dos 3.807 inicialmente avançados pela administração. O número de despedimentos representa 16% da força de trabalho da companhia aérea. 

 

O acordo na Iberia, que se encontra sob a “holding” IAG depois da fusão com a British Airways, foi assinado num encontro com a ministra espanhola do Fomento, Ana Pastor.

 

O terceiro bloco da greve dos trabalhadores da Iberia, agendada para o período entre 18 a 22 de Março, deverá agora ser desconvocado, como previsto caso se chegasse a um acordo.

 

Ver comentários
Saber mais Iberia despedimentos companhias aéreas
Mais lidas
Outras Notícias