Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Número de passageiros nos aeroportos nacionais cresceu 4,9%

Mais passageiros, mais aeronaves, mais tráfego internacional e muito menos transporte de carga e correio. É este o retrato das operações de tráfego comercial dos aeroportos portugueses no ano passado.

Rita Faria afaria@negocios.pt 10 de Setembro de 2014 às 12:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

No ano passado, aterraram nos aeroportos portugueses 149,6 mil aeronaves, e por lá circularam 32,6 milhões de passageiros. Tanto um valor como o outro representam aumentos face a 2012. O número de passageiros cresceu 4,9% enquanto o de aeronaves aterradas cresceu 1,5% em 2013, revela esta quarta-feira, 10 de Setembro, o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

 

O aeroporto de Lisboa concentrou quase metade (49,1%) do movimento de passageiros, registando um acréscimo de 4,6% face ao número do ano anterior. O aeroporto do Porto assegurou o transporte de 19,5% dos passageiros (crescimento de 5,3%) e em Faro movimentaram-se 18,3% dos passageiros (mais 5,4% do que em 2012).

 

Dos movimentos totais de tráfego comercial, 73,8% corresponderam a operações de tráfego internacional, que deram, assim, continuidade aos aumentos que se têm vindo a registar nos últimos anos.

 

Ao contrário do número de aeronaves e de passageiros, o transporte de carga e de correio caiu em 2013, já que a via aérea tem sido cada vez menos utilizada nestes transportes. O de carga decresceu 2,1% enquanto o transporte de correio diminuiu 11%.  

 

Empresas nacionais movimentaram mais 6,3% de passageiros

 

Segundo os dados do INE, as companhias aéreas nacionais transportaram 12,5 milhões de passageiros em 2013 – mais 6,3% do que em 2012 – dos quais 19,3% em tráfego nacional.

 

Um crescimento que acompanhou a subida do número de trabalhadores e também das aeronaves das empresas de transporte aéreo. Em 31 de Dezembro de 2013, a frota aérea nacional de operadores de transporte comercial ascendia a 218 aeronaves, o que equivale a mais oito do que as registadas no final de 2012.

 

Já pessoal ao serviço para funções a bordo totalizava 5,4 mil efectivos, o que representa um crescimento de 1,5% face a 2012. Desses, dois mil eram técnicos de bordo, 3,4 mil comissários, hospedeiras e outro pessoal complementar de bordo.

 

Foram registados 130,96 mil voos de transporte regular de passageiros que corresponderam a cerca de 217,4 mil milhões de quilómetros percorridos. 

Ver comentários
Saber mais Instituto Nacional de Estatísticas INE Lisboa Porto Faro economia negócios e finanças transportes aviação
Mais lidas
Outras Notícias