Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rui Moreira: "A Ryanair não entrou nisto para perder dinheiro"

O autarca, que esteve reunido esta terça-feira com a companhia aérea "low cost" irlandesa, congratulou-se com a intenção da empresa em fazer as rotas que a TAP cancelou a partir do aeroporto Sá Carneiro.

Correio da Manhã
Alexandra Noronha anoronha@negocios.pt 16 de Fevereiro de 2016 às 18:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...

Rui Moreira congratulou-se esta terça-feira, 16 de Fevereiro, com a decisão da Ryanair em querer fazer as ligações ao aeroporto Sá Carneiro que a TAP cancelou.


O autarca, referindo-se aos dados que a TAP divulgou sobre os prejuízos destas rotas - que a transportadora disse serem de oito milhões - adiantou que "a Ryanair não entrou nisto para perder dinheiro". 

Rui Moreira salientou ainda que esta decisão "corresponde àquilo em que já acreditávamos, que haveria quem ocupasse um espaço que ficou vazio". O presidente da Câmara falou à margem da apresentação do novo sistema de gestão de estacionamento na cidade. 

Rui Moreira disse ainda que o principal desafio é conseguir uma ligação a Malpensa, em Milão, muito importante para os empresários do Norte. "O desafio que hoje foi lançado foi este, que é situado do lado de Milão que mais interessa aos industriais portugueses, nomeadamente de têxtil e calçado", referiu. 

As ligações deverão ser reforçadas a partir de Novembro, sendo que a TAP vai já encerrar em Março ligações a Barcelona, Roma, Milão e Bruxelas.

"O que nos preocupa é que a TAP continua a ser uma empresa de capitais públicos. Isto tudo seria muito fácil se fosse uma empresa privada, como é a Ryanair", adiantou o autarca. "Apenas me incomoda que este tráfego em alguns trajectos não está aberto à livre concorrência", criticou. "Não pode haver as duas coisas, a TAP não pode ser para uma coisa pública e para outra privada", salientou. 

Rui Moreira reúne-se amanhã em Lisboa com o primeiro-ministro para debater a polémica em torno do cancelamento das rotas da TAP. O autarca não quis avançar exactamente o que irá falar com António Costa. 

Estacionamento
Câmara assegura 8 milhões à cabeça 
A Câmara do Porto assegurou oito milhões de euros à cabeça com a concessão do estacionamento na cidade, que passará a ser gerida pela Eporto, constituída pela Empark, Rsopre e Dornier, que venceram o concurso lançado pela autarquia. A decisão de entregar a um privado esta gestão prende-se com a falta de eficiência so sistema anterior, que era controlado pela autarquia.

A concessão, de mais de quatro mil lugares de estacionamento entra em vigor no próximo dia 1 de Março, por 12 anos, sendo que a autarquia ainda tem direito a uma fatia das receitas obtidas pelos novos parcómetros. 

A Eporto vai introduzir um sistema de pagamento via telemóvel, o Telpark e substituir todos os parcómetros da cidade. A fiscalização será levada a cabo por funcionários da empresa em conjunto com a polícia Municipal do Porto. 

(Notícia actualizada as 19.04,com mais informação)


Ver comentários
Saber mais Ryanair Porto Rui Moreira TAP estacionamento Eporto
Mais lidas
Outras Notícias