Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fernando Pinto: "Todos os que estão interessados na TAP conhecem quais são os padrões da empresa"

O presidente da TAP voltou a admitir que a empresa passou, no último mês, por uma "época de dificuldades". Mas, neste momento, Fernando Pinto afirma que já se está noutro caminho. E isso não põe em causa a privatização.

Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 28 de Julho de 2014 às 11:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

Fernando Pinto acredita que os recentes problemas vividos pela empresa que lidera, a TAP, não irão afastar os interessados em participar na sua privatização.

 

"Todos os que estão interessados na TAP conhecem quais são os padrões da empresa", declarou o presidente da companhia aérea à margem de uma cerimónia para a assinatura de um acordo para a retoma de ligações aéreas entre Lisboa e Bissau.

 

Daí que, questionado pelo jornalistas sobre se os recentes cancelamentos e atrasos noticiados nos voos da transportadora portuguesa, Fernando Pinto tenha respondido sem dúvidas: "de maneira nenhuma". O problema agora, diz, é que já não haverá notícias sobre a falta de aviões ou de cancelamentos. Nas últimas semanas, várias foram as informações que deram conta de atrasos nos voos, que a empresa atribui ao atraso na entrega de novas aeronaves, o que já levou o ministro da Economia, António Pires de Lima, a admitir que a imagem de Portugal poderia estar em causa.

 

"Se for analisar os índices da empresa como um todo, que é como os investidores analisam, a empresa está muito melhor. Passámos por uma época de dificuldades, por um período crítico durante o último mês, mas estamos perfeitamente noutro caminho", afirmou o presidente da empresa nacional.

 

Este fim-de-semana, em entrevista ao Dinheiro Vivo, o empresário Miguel Pais do Amaral confirmou que vai entrar na corrida para adquirir o capital da TAP, em parceria com o norte-americano Frank-Lorenzo. A 16 de Julho, Fernando Pinto disse à Lusa que o seu sonho é ver a empresa "bem privatizada, com o futuro garantido". E não afasta a ideia de lá continuar após a sua concretização.

 

Pires de Lima já disse que a privatização da TAP só avançará quando houver "conforto" de que ele será concluído com processo. Já houve um processo de privatização que não foi bem sucedido, no final de 2012, quando a única proposta na corrida, a do colombiano Germán Efromovich, não foi acolhida como favorável pelo Governo porque as "ofertas financeiras não foram garantidas inequivocamente".

Ver comentários
Saber mais TAP Fernando Pinto atrasos aviação privatização Pais do Amaral
Mais lidas
Outras Notícias