Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fusão EP/Refer vai permitir poupar 1.021 milhões

O secretário de Estado dos Transportes afirma no Parlamento que a privatização da Carristur vai avançar "a breve trecho".

Bruno Simão
Maria João Babo mbabo@negocios.pt 02 de Outubro de 2014 às 17:35

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, garantiu esta quinta-feira, no debate de urgência requerido pelo PCP sobre política de transportes, que a fusão entre a Estradas de Portugal e a Refer, que está em curso, vai permitir uma poupança de 1.021 milhões de euros entre 2015 e 2019.

 

O processo, criticado pelos partidos da oposição, foi justificado pelo responsável com "o propósito de continuar a poupar dinheiro aos contribuintes".

 

No debate, Sérgio Monteiro anunciou ainda que o Governo vai lançar "a breve trecho" a privatização da Carristur, e que o Executivo continuará "a monitorizar todas as oportunidades de abrir a economia à iniciativa privada".

 

No sector dos transportes, o governante lembrou que o nível de indemnizações compensatórias pagas pelo Estado às empresas de serviço público era em 2010 de 173 milhões de euros e que no próximo ano será zero.  Realçou ainda que estas empresas tinham 998 milhões de euros de custo operacional em 2010, o qual no final de 2013 era 740 milhões. E assinalou que a taxa de crescimento médio da divida, que entre 2005 e 2010 cresceu 9,5% ao ano, registou um crescimento entre 2011 e 2013 em termos médios de 5% ao ano.

Ver comentários
Saber mais Sérgio Monteiro secretário de Estado dos Transportes transportes
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio