Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Greve pára metro amanhã pela segunda vez em cinco dias

Paralisação parcial dos trabalhadores vai impedir a circulação de comboios desde as 6h às 10h30 de amanhã.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...
O aviso que o metro está encerrado por motivo de greve vai repetir-se amanhã.

Depois da greve de quinta-feira, os comboios do Metropolitano de Lisboa voltam a estar parados amanhã de manhã.

A circulação dos comboios da empresa estará suspensa entre as 6h00 e as 10h00 de terça-feira, devido a uma greve parcial dos trabalhadores. O serviço será normalizado pelas 10h30, anuncia o Metro em comunicado distribuído pelas redacções.

A greve parcial dos trabalhadores da empresa de transportes deve-se à contestação contra as “perdas de direitos adquiridos ao longo dos anos”, segundo disse à Lusa Anabela Carvalheira, da Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), aquando da convocação da paralisação, no final de Abril.

Os comboios do Metropolitano de Lisboa não circularam na quinta-feira passada até às 10h30, devido, também, à paralisação convocada pelos trabalhadores da empresa.

A adesão à greve, que encerrou todas as estações da rede até às 10h30, contou com uma adesão próxima dos 100%, segundo dados divulgados, no dia, à Lusa pela FECTRANS.

O Metropolitano de Lisboa caminha, neste momento, para um processo de fusão com a Carris. A empresa foi alvo de uma reestruturação no sector dos transportes, que teve como objectivo a eliminação de prejuízos operacionais.

A empresa empreendeu uma racionalização dos custos, que levou, por exemplo, à circulação de comboios com apenas três carruagens na Linha Verde. O objectivo, neste caso, é uma "gestão eficiente do material circulante", como disse fonte oficial da empresa ao Negócios na semana passada.
Ver comentários
Saber mais Metropolitano de Lisboa greve Lisboa
Outras Notícias