Transportes Hyundai e Aptiv formam “joint-venture” para desenvolver carros autónomos

Hyundai e Aptiv formam “joint-venture” para desenvolver carros autónomos

A parceria entre a gigante sul coreana e a Aptiv, outra empresa do setor, está avaliada em quase 4 mil milhões de euros e representa um dos maiores investimentos de uma fabricante automóvel tradicional nesta indústria.
Hyundai e Aptiv formam “joint-venture” para desenvolver carros autónomos
EPA / Reuters
Negócios com Bloomberg 23 de setembro de 2019 às 12:45

A Hyundai e a sua afiliada Kia vão investir perto de 2 mil milhões de euros em investigação e desenvolvimento na área dos carros autónomos, o que eleva a valorização da "joint-venture" com a Aptiv, que vai ter 50% de participação, para quase 4 mil milhões de euros, segundo um comunicado divulgado pela Bloomberg.

A parceria entre todas as partes começará a testar o sistema de condução autónoma em 2020 e terá uma plataforma para a produção de veículos autónomos pronta em 2022, disseram as empresas.

A Hyundai e a Kia querem começar a comercializar os primeiros carros com autonomia avançada em algumas cidades a partir de 2021 e têm o objetivo de lançar veículos totalmente autónomos em 2030.   

Segundo o acordo entre ambos, a Hyundai vai começar a contribuir com serviço de engenharia e desenvolvimento, enquanto a Aptiv vai fornecer tecnologia de condução autónoma e cerca de 700 trabalhadores.

Ultimamente, várias empresas do setor da mobilidade e transportes têm investido muito em desenvolver novos modelos e tecnologias para carros elétricos e autónomos.

A Bolt, por exemplo, criou recentemente uma parceria com a Universidade de Tartu, na Estónia, para dar início a um projeto de investigação focado no desenvolvimento tecnológico para produzir carros autónomos, com o objetivo de melhorar a eficiência dos transportes nas cidades.





pub

Marketing Automation certified by E-GOI