Transportes Medina e Moreira ao lado dos taxistas contra a Uber

Medina e Moreira ao lado dos taxistas contra a Uber

Taxistas estiveram reunidos com presidentes da Câmara de Lisboa e Porto. Medina considera que Uber desenvolve a actividade de forma ilegal.
Medina e Moreira ao lado dos taxistas contra a Uber
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios com Lusa 29 de abril de 2016 às 15:36

Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, e Rui Moreira, o seu homólogo do Porto, mostraram-se solidários com o protesto dos taxistas contra a plataforma de transporte de passageiros Uber.

 

A marcha lenta dos taxistas pela proibição da Uber passou pela Câmara de Lisboa (CML). Os dirigentes das associações representativas do sector estiveram reunidos com Fernando Medina. À saída mostraram-se satisfeitos por o presidente do município se ter mostrado "completamente solidário" com a luta destes profissionais.

 

"O presidente está completamente solidário com a nossa luta. É um incentivo moral receber frases como as que nos endereçou", disse aos jornalistas o presidente da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), Florêncio de Almeida.

 

O presidente da Federação Portuguesa do Táxi (FPT), Carlos Ramos, defendeu que "é preciso travar a forma ilegal em que a Uber desenvolve o seu trabalho para abrir portas para que as associações se possam sentar a mesa".

 

De acordo com Carlos Ramos, o autarca de Lisboa considera que "a Uber desenvolve uma actividade ilegal e que a forma como os serviços são prestados pela plataforma também são ilegais".

 

Num comunicado enviado à agência Lusa após um encontro dos taxistas com o presidente, a CML considerou "essencial que a actividade de transporte de passageiros na cidade decorra de acordo com regras claras, modernas, capazes de induzir um melhor serviço ao público e que todos os operadores operem dentro da legalidade".

 

A CML considera que, tendo em conta as novas plataformas tecnológicas, como a Uber, "é urgente proceder a alterações na legislação de exercício da actividade de transporte passageiros, tendo em vista melhorar as condições do serviço de transporte público ao dispor dos cidadãos". 

 

Rui Moreira promete ajudar taxistas

 

Também a marcha lenta no Porto passou pela Câmara Municipal. O vice-presidente da ANTRAL disse, após a reunião com Rui Moreira, que o presidente da Câmara do Porto se mostrou "receptivo" e que se comprometeu a transmitir à tutela as preocupações do sector dos táxis.

 

"Temos a sua solidariedade e esperamos que através da sua influência política consiga ter alguns resultados palpáveis. Acredito no presidente da câmara enquanto homem e solidário com o sector", afirmou o vice-presidente da Antral, José Monteiro, no final de uma reunião com Rui Moreira.

 

O megaprotesto, organizada pela Antral e pela FPT, é o culminar de uma semana de luta destas duas associações para pressionar o Governo a suspender a actividade da Uber.

 
Costa remete para ministro do Ambiente resposta às reivindicações dos taxistas

 

O primeiro-ministro remeteu hoje para o titular da pasta do Ambiente uma posição do Governo sobre os protestos dos taxistas contra a actividade na Uber e deixou a advertência que o país "não é só Lisboa".

 

António Costa falava numa conferência de imprensa conjunta com o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, após uma longa reunião entre os executivos da República (que esteve representado por sete ministros) e Regional dos Açores.

 

"O senhor ministro do Ambiente [João Pedro Matos Fernandes] já recebeu os manifestantes e já transmitiu a posição do Governo", declarou o líder do executivo.

 

António Costa fez também uma observação sobre o teor da pergunta, alegando que hoje "tratou-se de uma reunião sobre a relação do Governo da República com o Governo Regional dos Açores".

 

"Portugal não é só Lisboa. Portanto, há outros assuntos para além dos assuntos de Lisboa. Digo com o enorme à-vontade de, durante oito anos, ter dedicado a minha vida à cidade de Lisboa", afirmou.

 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI