Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Metro do Porto fecha 2013 com prejuízos de 47,6 milhões

O resultado representa uma melhoria de 90,3% face ao exercício anterior. O término de 11 contratos 'swap' é um dos factores justificativos.

Paulo Duarte/Negócios
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 28 de Maio de 2014 às 16:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Metro do Porto fechou o ano de 2013 com prejuízos de 47,6 milhões de euros, o que representa uma melhoria de 90,3% em comparação com os 491,4 milhões de euros registados no ano anterior.

 

De acordo com o Relatório e Contas da empresa, relativo ao ano de 2013, este valor traduz o "fecho de 11 contratos de 'swap', reflectindo ainda a descida dos encargos financeiros de 153,9 para 141,3 milhões de euros".

 

A Metro do Porto registou um aumento de 3,5%, para os 38,4 milhões de euros, na sua receita face ao exercício anterior. Por sua vez, os custos operacionais diminuiram 0,7%, fixando-se nos 42,9 milhões de euros. A taxa de cobertura global dos custos operacionais pelas despesas passa assim dos 85,9 para os 89,5%, esclarece a empresa.

 

A companhia atingiu em 2013 um EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) positivo de 3,9 milhões de euros e um resultado operacional negativo de 85,4 milhões de euros.

 

Face ao ano anterior, a transportadora registou um aumento da procura de 2,6%. O ano de 2013 fica também marcado pelo "maior número anual de validações [dos títulos de transporte] de sempre", atingindo as 55,9 milhões de validações.

 

O Relatório e Contas relativo ao exercício de 2013 foi aprovado esta quarta-feira, 28 de Maio, em Assembleia Geral de accionistas.

Ver comentários
Saber mais Porto economia negócios e finanças Informação sobre empresas relatório anual metro do porto
Mais lidas
Outras Notícias