Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ministro do Planeamento e Infra-estruturas: "A TAP não é uma corrida de 100 metros"

Pedro Marques reafirmou que o objectivo do Estado é que a companhia aérea se mantenha, na sua maioria, na esfera pública, e salientou que o consórcio já conhecia a posição do PS antes de assinar o contrato.

Paulo Duarte/Negócios
Alexandra Noronha anoronha@negocios.pt 18 de Dezembro de 2015 às 18:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

O Governo está empenhado em recuperar uma posição maioritária no capital da TAP, nem que isso demore algum tempo. "A TAP não é uma corrida de 100 metros", adiantou o ministro do Planeamento e Infra-estruturas, Pedro Marques, que esteve esta sexta-feira no Porto a apresentar o "plano 100", para acelerar a entrada dos fundos do Portugal 2020 nas empresas portuguesas.

 

Questionado sobre as negociações com a companhia aérea, que assinou um contrato de privatização com o anterior Governo, que o actual pretende reverter, Pedro Marques salientou que as negociações "estão no início". "É de interesse público a recuperação da maioria de capital da TAP para o Estado. E nisso é que vamos trabalhar", realçou o ministro.

 

"Antes mesmo da contratação que deu origem a este processo, já tínhamos dito que era de interesse público a manutenção da maioria do capital nas mãos do Estado. Estaremos a negociar, mas a criar as condições para isto", salientou.

 

O governante recordou que o próprio processo de privatização ainda está em curso. 

Ver comentários
Saber mais Pedro Marques TAP Governo
Outras Notícias