Transportes Motoristas: Patrões e sindicato não chegaram a acordo

Motoristas: Patrões e sindicato não chegaram a acordo

Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas garante ter tido uma reunião "produtiva" com a ANTRAM. Mas não houve consenso quanto aos serviços mínimos para a greve de setembro.
Motoristas: Patrões e sindicato não chegaram a acordo
Sábado 26 de agosto de 2019 às 22:25

A Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e o Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) reuniram-se esta segunda-feira, em Lisboa, para discutir os serviços mínimos para a greve ao trabalho extraordinário marcada para setembro. Apesar de ter ficado acordado que durante a semana não haverá serviços mínimos, não houve concordância quantos aos fins de semana. 

"Na teoria houve acordo, mas, na prática, não deu para perceber o nível de serviços mínimos que nos foi pedido relativamente aos sábados. Uma vez que não há forma nem de o sindicato conseguir verificar, nem de a própria ANTRAM ter noção dos níveis de serviços mínimos que são necessários, decidimos deixar [ao Governo] a decisão sobre os serviços mínimos", disse aos jornalistas o presidente do SNMMP, Francisco São Bento.

Segundo Francisco São Bento, ainda existe margem para que a greve anunciada para setembro seja desconvocada. Em causa está o "reatar de relações entre ambas as partes". "Passo a passo, tudo é possível", disse.

A garantia até agora é a de que durante a semana os motoristas vão trabalhar as oito horas diárias, não havendo serviços mínimos. Persiste a dúvida aos fins de semana e feriados - o que terá que ser decidido pelo Governo.

O SNMMP entregou um novo pré-aviso de greve para o período compreendido entre os dias 7 e 22 de setembro, desta vez ao trabalho extraordinário e aos fins de semana.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI