Transportes Neeleman: Chineses da HNA ficam com 10% a 13% da TAP

Neeleman: Chineses da HNA ficam com 10% a 13% da TAP

O novo accionista da TAP, David Neeleman, disse esta segunda-feira, em Nova Iorque, que o anúncio da entrada indirecta do grupo chinês na companhia aérea portuguesa deve acontecer ainda em 2016.
Neeleman: Chineses da HNA ficam com 10% a 13% da TAP
Negócios com Lusa 22 de fevereiro de 2016 às 18:35

No memorando de entendimento que fechou a recompra de acções pelo Estado (que ficou com 50% da TAP), assinado entre o Governo e o consórcio privado Atlantic Gateway – de David Neeleman e Humberto Pedrosa -, lê-se que "o Estado português autoriza desde já a entrada no capital social da Atlantic Gateway pela HNA, em percentagem a acordar entre os accionistas da Atlantic Gateway e a HNA [Hainan Airlines]".

Esta segunda-feira, em declarações à Lusa, Neeleman garantiu que o grupo chinês acabará por ficar "indirectamente com 10% a 13% da TAP", que o anúncio desta participação deve acontecer "ainda este ano" e que os pormenores da rota com a China "deverão ser conhecidos na mesma altura."

Momentos antes, durante uma conferência de imprensa no Aeroporto Internacional JFK, David Neeleman esclareceu como é que os chineses vão entrar no capital da empresa. "Como nós informámos, os chineses investiram na Azul [companhia aérea de David Neelman] e a Azul vai fazer o investimento na TAP. As acções que eles vão ter serão através do investimento da Azul na TAP", disse. "Eles estão muito animados com isso, vai ser óptimo para eles", garantiu Neeleman.

A nova rota acontece em resultado da entrada da chinesa Hainan Airlines no consórcio que comprou a participação na TAP. "Pelo conhecimento que tenho, esta seria a primeira ligação directa entre os dois países", acrescentou ainda. "Ainda estamos a analisar com que cidade será feita a ligação e outros detalhes, mas esperamos anunciar o investimento o quanto antes", disse Neeleman.

A TAP Portugal lançou esta segunda-feira dois novos voos directos diários para as cidades de Nova Iorque e Boston, nos Estados Unidos, que começam a operar em 11 de Junho (Boston) e 01 de Julho (Nova Iorque).

Estas novas rotas juntam-se aos destinos de Miami e Newark, que passarão a ter ligações diárias com Lisboa já este verão, e à ligação entre Porto e Newark que acontece duas vezes por semana.

A TAP aumenta assim a sua oferta para 30 voos semanais entre Portugal e os EUA.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI