Transportes Pedro Nuno Santos: "Não estamos a falar de nada que seja impossível", Fectrans e SIMM chegaram a acordo

Pedro Nuno Santos: "Não estamos a falar de nada que seja impossível", Fectrans e SIMM chegaram a acordo

O ministro das Infraestruturas diz não conseguir explicar a posição do sindicato dos motoristas de matérias perigosas, realçando que a Antram não colocou qualquer condição para iniciar as negociações. "Não estávamos à espera deste desfecho", admite.
Pedro Nuno Santos: "Não estamos a falar de nada que seja impossível", Fectrans e SIMM chegaram a acordo
Lusa
Sara Antunes 20 de agosto de 2019 às 22:07
O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, explicou aos jornalistas que as reuniões desta terça-feira, 20 de agosto, com a Antram e o SNMMP serviam para garantir que nenhuma das partes avançava para o processo de mediação com "précondições ou assuntos proibidos." Contudo, isso não aconteceu. 

"A Fectrans e o SIMM conseguiram chegar a um acordo para chegar a um processo de negociação" com a Antram, sublinhou o ministro. "Não estamos a falar de nada que seja impossível", acrescentou o responsável do governo que tem gerido este processo entre os patrões e os sindicatos dos motoristas de matérias perigosas. 

"Infelizmente uma das partes quis definir resultados ainda antes da mediação se iniciar. Não é assim que se faz um processo de mediação", acrescentou o ministro.

Questionado pelos jornalistas do porquê da posição do sindicato, Pedro Nuno Santos respondeu: "não consigo explicar."

O ministro garante que o Governo vai continuar a acompanhar o processo e que estará sempre disponível para ajudar a resolver o processo mas "não nos podemos substituir a nenhum dos privados."


O responsável admite que "não estávamos à espera deste desfecho" e diz ter "esperança de que [a greve] não venha a acontecer.

As declarações do ministro foram proferidas no Ministério das Infraestruturas - e transmitidas pelas estações de televisão - depois de um dia marcado por reuniões com a Antram e com o SNMMP, após no domingo o plenário dos associados deste sindicato ter determinado o fim da greve para que se iniciassem as negociações com o representante das entidades patronais. 







pub

Marketing Automation certified by E-GOI