Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Porto de Lisboa com menos 24,8% de mercadorias em Dezembro

Carga contentorizada caiu 53% no último mês do ano. Porto da capital prejudicado pelas greves.

Alexandra Noronha anoronha@negocios.pt 31 de Janeiro de 2013 às 18:39

O porto de Lisboa registou uma queda de 24,8% na carga movimentada no mês de Dezembro, segundo os dados dos movimentos dos portos nacionais divulgados pelo Instituo Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM).

 

“O tráfego contentorizado diminuiu 53,0% em TEU [unidade de medida de contentores equivalente a 20 pés]. Em termos anuais, o movimento de 2012 decresceu globalmente 10,4% face a 2011”, segundo adiantou o IPTM.

 

Já Setúbal “registou em Dezembro uma descida do total da carga movimentada de 11,8%, determinada principalmente pela redução dos granéis líquidos e sólidos. O movimento de Ro-Ro, carga de referência deste porto, registou uma descida de 11,5% em termos homólogos. Em termos anuais e face a 2011, a evolução foi de 12,1%”, diz o IPTM.

 

Estes dois portos foram os mais prejudicados pelas greves que paralisaram as infra-estruturas nacionais a partir de Agosto, em protesto contra a nova lei de revisão do trabalho portuário. “O movimento de mercadorias dos sete principais portos do continente atingiu em 2012 cerca de 67,9 milhões de toneladas, a que corresponde um aumento de 1,7% em relação a 2011, constituindo o maior valor anual de sempre, com comportamento positivo em termos homólogos de todos os portos, com excepção de Lisboa e Setúbal, seguramente por efeito das greves que afectaram particularmente estes dois portos”, diz o IPTM.

 

Em Leixões, o fim do ano também foi em trajectória descendente. “O movimento do porto de Leixões decresceu em Dezembro globalmente 2,4%, devido principalmente à evolução dos Granéis Líquidos. Em termos anuais, o movimento de 2012 cresceu 2,1% face a 2011”. Com o fim da greve, o movimento em Leixões, de clientes que não podiam atracar em Lisboa, provavelmente decresceu. Aveiro subiu 8,3% em Dezembro e Sines caiu 7,3%, ainda que no acumulado do ano tenha subido 10,8%.

Ver comentários
Saber mais Portos IPTM
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio