Transportes Primeiros Uber sem motorista vão rolar nos EUA

Primeiros Uber sem motorista vão rolar nos EUA

Da próxima vez que chamar um Uber em Pittsburgh, Pennsylvania, o condutor só vai estar ao volante por precaução. A empresa quer ter até ao fim do ano "dezenas" de carros autónomos ao serviço.
Primeiros Uber sem motorista vão rolar nos EUA
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 14 de setembro de 2016 às 13:35

A Uber anunciou que vai colocar nas ruas da cidade de Pittsburgh - Estado da Pennsylvania, nos EUA – dezenas de carros autónomos ao serviço da marca até ao final do ano, naquela que será a sua primeira frota de veículos a funcionar sem necessidade de intervenção do condutor.

Apesar de o carro estar preparado para circular sem necessidade de intervenção humana, a presença de um condutor a bordo é justificada por razões de segurança, podendo retomar o controlo do veículo a qualquer instante.

A iniciativa não é inédita no serviço de partilha de viaturas ou transporte de passageiros, já que Singapura estreou no final de Agosto o serviço nuTomy, que permite chamar através de uma aplicação um táxi sem condutor. Mas representa o primeiro passo dado por uma grande empresa, pondo a Uber – como nota o Financial Times – à frente de companhias como a Google, a Tesla, a Ford ou a GM que também têm em desenvolvimento planos para a colocação maciça de carros nas estradas.

Foi exactamente em Pittsburgh que a Uber estabeleceu há ano e meio o seu centro tecnológico com dezenas de investigadores contratados na Universidade de Carnegie Mellon. Além disso, como parte da sua estratégia de entrada neste mercado, comprou a Otto, uma start-up de desenvolvimento de sistemas de condução autónoma para camiões.

Há um mês a Volvo, através de um acordo com a Uber, anunciou a entrada no negócio dos veículos autónomos, com a utilização nos seus carros Volvo XC90 do sistema que aquela plataforma de transportes está a desenvolver. Mas é a para já a Ford, através de mais de uma dezena de modelos Fusion modificados com a instalação de sensores, a marca que está a ser usada pela Uber nos testes para a primeira frota de veículos autónomos de Pittsburgh.

O novo serviço surge numa altura em que a cidade, como a generalidade das suas pares norte-americanas, não tem regras específicas sobre a circulação de carros autónomos. Para Raffi Krikorian, director do centro de tecnologias avançadas da Uber, Pittsburgh tem as condições ideais para testar o sistema: é uma localidade antiga, com ruas estreitas e tem condições meteorológicas extremas, cita o Financial Times.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI