Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Primeiros Uber sem motorista vão rolar nos EUA

Da próxima vez que chamar um Uber em Pittsburgh, Pennsylvania, o condutor só vai estar ao volante por precaução. A empresa quer ter até ao fim do ano "dezenas" de carros autónomos ao serviço.

Reuters
Paulo Zacarias Gomes paulozgomes@negocios.pt 14 de Setembro de 2016 às 13:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A Uber anunciou que vai colocar nas ruas da cidade de Pittsburgh - Estado da Pennsylvania, nos EUA – dezenas de carros autónomos ao serviço da marca até ao final do ano, naquela que será a sua primeira frota de veículos a funcionar sem necessidade de intervenção do condutor.

Apesar de o carro estar preparado para circular sem necessidade de intervenção humana, a presença de um condutor a bordo é justificada por razões de segurança, podendo retomar o controlo do veículo a qualquer instante.

A iniciativa não é inédita no serviço de partilha de viaturas ou transporte de passageiros, já que Singapura estreou no final de Agosto o serviço nuTomy, que permite chamar através de uma aplicação um táxi sem condutor. Mas representa o primeiro passo dado por uma grande empresa, pondo a Uber – como nota o Financial Times – à frente de companhias como a Google, a Tesla, a Ford ou a GM que também têm em desenvolvimento planos para a colocação maciça de carros nas estradas.

Foi exactamente em Pittsburgh que a Uber estabeleceu há ano e meio o seu centro tecnológico com dezenas de investigadores contratados na Universidade de Carnegie Mellon. Além disso, como parte da sua estratégia de entrada neste mercado, comprou a Otto, uma start-up de desenvolvimento de sistemas de condução autónoma para camiões.

Há um mês a Volvo, através de um acordo com a Uber, anunciou a entrada no negócio dos veículos autónomos, com a utilização nos seus carros Volvo XC90 do sistema que aquela plataforma de transportes está a desenvolver. Mas é a para já a Ford, através de mais de uma dezena de modelos Fusion modificados com a instalação de sensores, a marca que está a ser usada pela Uber nos testes para a primeira frota de veículos autónomos de Pittsburgh.

O novo serviço surge numa altura em que a cidade, como a generalidade das suas pares norte-americanas, não tem regras específicas sobre a circulação de carros autónomos. Para Raffi Krikorian, director do centro de tecnologias avançadas da Uber, Pittsburgh tem as condições ideais para testar o sistema: é uma localidade antiga, com ruas estreitas e tem condições meteorológicas extremas, cita o Financial Times.

Ver comentários
Saber mais Pittsburgh EUA Singapura Financial Times Google automóvel indústria metalomecânica e engenharia economia negócios e finanças
Outras Notícias