Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sistema de portagens é "complicado" e que "o país não vai perceber"

O presidente do PSD diz que a cobrança de portagens nas SCUT é "um sistema muito complicado e que o país não vai perceber".

Lusa 10 de Setembro de 2010 às 08:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
Referindo-se à resolução que fixa a cobrança de portagens nas SCUT Norte Litoral, Grande Porto e Costa de Prata a partir de 15 Outubro, Pedro Passos Coelho afirmou: "Tenho pena que o Governo não tenha tido um golpe de asa que, além do princípio da universalidade, tivesse permitido apresentar um sistema simples que todo o país percebesse e não fosse preciso consultar um glossário para saber quem paga e quem não paga."

Pedro Passos Coelho, que ontem visitou a Feira do Leitão, em Águeda, onde teve lugar um jantar com dirigentes, autarcas e militantes locais, afirmou ainda que o Governo "não fez o esforço que devia ter feito para apresentar uma coisa escorreita que o país percebesse", adiantando temer que este sistema "vá por em causa a implementação correcta".

O líder social democrata lembrou ainda que o Governo não foi capaz, em sede parlamentar, de apresentar uma proposta que tivesse o acolhimento do PSD e adiantou que a resolução hoje aprovada em Conselho de Ministros foi "exactamente" a que os sociais democratas recusaram no Parlamento.

O presidente do PSD insistiu ainda que é a favor da introdução de portagens nas SCUT, considerando "justo" que aqueles que utilizam estas auto-estradas "dêem um contributo pagando as portagens para este custo não ser tão pesado para todos os contribuintes".

A resolução do Conselho de Ministros adoptou o princípio da universalidade na cobrança de portagens em auto-estradas e determinou que nas restantes SCUT (Interior Norte, Beira Litoral e Alta, Beira Interior e Algarve) se iniciará a cobrança de portagens até 15 de Abril de 2011.

Ver comentários
Outras Notícias