Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TAP lança parceria com a Uber para “facilitar os trajectos entre o aeroporto de Lisboa e a cidade”

A TAP juntou-se à Uber para lançar uma parceira que visa “facilitar os trajectos entre o aeroporto de Lisboa e a cidade”. Os passageiros e a rede de motoristas ficam ligados e, no âmbito desta campanha, a TAP oferece uma deslocação até 25 euros aos clientes da transportadora com bilhetes emitidos com origem/destino em Lisboa.

Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 15 de Dezembro de 2014 às 12:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

A TAP juntou-se à Uber para lançar um "serviço que permite facilitar os trajectos entre o aeroporto de Lisboa e a cidade", revela o comunicado enviado às redacções. "Através de uma simples aplicação para ‘smartphones’, os passageiros da companhia e uma rede de motoristas profissionais ficam ligados em tempo real para que, após a chegada ao aeroporto ou na deslocação para a partida, o passageiro seja comodamente conduzido", acrescenta o documento.

 

No final, o pagamento da viagem é feito através do cartão de crédito que está registado na Uber. No entanto, na sequência do lançamento desta campanha, a transportadora aérea e a Uber oferecem "uma deslocação até 25 euros aos clientes TAP com bilhete emitido com origem/destino em Lisboa, entre 15 de Dezembro 2014 e 15 de Janeiro 2015".

 

Esta campanha surge numa altura em que serviços da Uber têm sido contestados em vários países. No início deste mês de Dezembro, a Espanha proibiu a Uber. Um tribunal de Madrid ordenou no dia 9 de Dezembro, o cancelamento e proibição da aplicação em todo o território espanhol. A instância judicial ouviu as queixas apresentadas pela Associação Madrilena de Táxis e considerou que os motoristas contratados pela Uber não têm qualquer autorização administrativa para executar o serviço. Por isso mesmo, define a aplicação como "concorrência desleal", escrevia a imprensa espanhola.

 

Esta segunda-feira, a imprensa nomeadamente francesa escreve que a França prevê proibir o serviço de viaturas UberPop, três dias depois de um juiz parisiense ter rejeitado o pedido para bloquear a aplicação de "smartphone". No Rio de Janeiro (Brasil) o serviço da Uber é considerado ilegal e, na semana passada, procuradores do Ministério Público de Los Angeles e de São Francisco, nos Estados Unidos, processaram a empresa devido a queixas que a Uber dá garantias falsas sobre os antecedentes dos condutores.

 

Em Lisboa, escrevia o Negócios a 9 de Dezembro, a Uber só funciona com motoristas profissionais. Ainda assim, os taxistas estão preocupados com a presença da aplicação. Ainda assim, o Governo defende que a Uber não concorre com os táxis.

Ver comentários
Saber mais TAP Lisboa Associação Madrilena de Táxis França transportes Uber
Mais lidas
Outras Notícias