Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trabalhadores da Carris querem empresa gerida pela Câmara

Os trabalhadores da Carris querem que a empresa seja gerida pela Câmara de Lisboa, em vez de ser concessionada a privados. Foi esta a mensagem que, segundo a Rádio Renascença, o sindicato transmitiu ao secretário dos Transportes. Sérgio Monteiro garantiu que a autarquia estará envolvida.

Negócios 01 de Abril de 2014 às 09:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 22
  • ...

O Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários (SITRA) defenderam, esta segunda-feira, 31 de Março, numa reunião com o secretário de Estado dos Transportes, que a gestão da Carris deve ser entregue à Câmara de Lisboa. “A gestão privada não serve melhor os utentes do que a gestão pública”, justificou o secretário-geral do SITRA, Sérgio Monte, em declarações à RR. 

 

“Conseguimos, pelo menos, obter a confirmação de que não haverá concessão sem que a Câmara esteja envolvida no processo. Veríamos com bons olhos que a própria Câmara gerisse a Carris, uma vez que é uma empresa que serve, essencialmente, a área urbana de Lisboa”, afirmou. 

No encontro, o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, garantiu aos dirigentes dos sindicatos da Carris que o Estado vai deixar a empresa livre de dívidas antes de ser concessionada. 

“Com a dívida, esta empresa nunca teria – nem daqui a 100 anos – um exercício positivo. Foi-nos dito pelo senhor secretário de Estado que o Estado iria gerir a dívida e, sendo assim, se a Carris ficar com o passivo a zeros, entendemos que deve continuar na gestão pública, como previa o plano estratégico de transportes, publicado em 2011 por este Governo”, adiantou Sérgio Monte. 

Ver comentários
Saber mais Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários Carris Sérgio Monte Sérgio Monteiro transportes
Mais lidas
Outras Notícias