Transportes Uber pagou 34 mil euros de impostos em Portugal

Uber pagou 34 mil euros de impostos em Portugal

O Jornal Económico escreve que a plataforma de mobilidade registou vendas de 715 mil euros o ano passado, um número inferior à Ginginha do Rossio. E diz que o grosso das receitas “vai directamente para a sede na Holanda”.
Uber pagou 34 mil euros de impostos em Portugal
Kai Pfaffenbach/Reuters
Negócios 14 de outubro de 2016 às 10:24

A subsidiária portuguesa da Uber pagou 34 mil euros em impostos sobre o rendimento em 2015. O número foi avançado na edição desta sexta-feira, 14 de Outubro, do Jornal Económico.

A publicação diz citar as contas da Uber Portugal. "O grosso das receitas vai directamente para a sede na Holanda [Uber BV] e escapa aos impostos do país", concretiza.


O Jornal Económico diz ainda que a sociedade da Uber registada em Portugal registou vendas de 715 mil euros em 2015. "Até a Ginginha do Rossio reportou mais receitas que a Uber Portugal: teve vendas de 779 mil euros no ano passado", compara. Isto para cerca de mil condutores, que terão realizado um milhão de viagens.


O semanário explica que os parceiros da Uber ficam com 70 a 80% do valor cobrado aos clientes nas viagens.


"Quando se recebe uma factura da plataforma Uber, ela não é emitida em nome da empresa nascida nos Estados Unidos. Está em nome do que o grupo designa de parceiros – condutores a recibos verdes ou empresas que contratam parceiros a recibos verdes, muitas vezes para turnos de 12 horas", conta.


Os dados são publicados após o protesto dos taxistas na passada segunda-feira, 10 de Outubro, contra as plataformas de mobilidade Uber e Cabify. Com destino à Assembleia da República, a marcha lenta acabou por se centrar na Rotunda do Relógio – que permite o acesso ao aeroporto de Lisboa – após confrontos com a polícia.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI