Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Uber vê actividade limitada em França (cor.)

A empresa de transportes Uber sofreu mais uma derrota judicial. O Tribunal Constitucional francês ditou que a actividade da UberPop é ilegal.

Kai Pfaffenbach/Reuters
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 23 de Setembro de 2015 às 14:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O Tribunal Constitucional de França decidiu esta terça-feira, 22 de Setembro, que os serviços prestados por motoristas sem carteira profissional, como é o caso do UberPop, são ilegais. A Uber tinha suspendido este serviço em Junho passado.

"Embora a decisão hoje tomada seja decepcionante tanto para a Uber, como para a Heetch ou outras empresas que promovem o conceito de 'ridesharing', esta não terá qualquer impacto no serviço que oferecemos em França, estritamente prestado por parceiros profissionais e licenciados. Vamos continuar a cooperar com o governo francês para criar novas regulamentações que permitam aos passageiros ter alternativas mais económicas e seguras de viajar, e aos motoristas novas oportunidades de emprego", avançou ao Negócios fonte oficial da Uber. A Uber continua a operar em Franças mas apenas com parceiros-motoristas profissionais.

O tribunal francês considerou, assim, como válida a chamada Lei Thévenoud, que impede a organização de sistemas de transportes que, sem pertencer a nenhuma empresa de transportes, realizem estes serviços.

No fim de Junho a justiça francesa deteve Pierre-Dimitri Gore-Coty, responsável pela Uber na Europa Ocidental, e Thibaud Simphal, responsável pela Uber em França, no âmbito de uma investigação que os acusava de "práticas comerciais enganosas", de fornecerem "um serviço de táxi ilegal" e de "armazenarem de dados pessoais de forma ilícita". Os responsáveis pela Uber na Europa vão a julgamento a 30 de Setembro.


(Notícia corrigida às 19h51. A Uber continua a operar em França mas apenas com motoristas profissionais)

Ver comentários
Saber mais Uber França tribunal constitucional legislação transportes
Outras Notícias