Turismo & Lazer Airbnb vai passar a cobrar taxa de 83 cêntimos nos alugueres em Paris

Airbnb vai passar a cobrar taxa de 83 cêntimos nos alugueres em Paris

Os hóspedes que alugarem casas ou apartamentos na capital francesa, através do Airbnb, vão passar a pagar, a partir do dia 1 de Outubro, uma taxa de 83 cêntimos por pessoa, por noite.
Airbnb vai passar a cobrar taxa de 83 cêntimos nos alugueres em Paris
Jacky Naegelen/Reuters
Negócios 26 de agosto de 2015 às 12:49

Paris, a cidade mais visitada do mundo, vai regular o aluguer de apartamentos através do Airbnb, a maior plataforma digital dedicada a este tipo de negócio, avança o El Mundo.  

A empresa norte-americana anunciou esta terça-feira que, a partir do próximo dia 1 de Outubro, irá cobrar uma taxa de 83 cêntimos por noite, por pessoa, a todos os hóspedes.

Além de ser a mais visitada do mundo, a capital francesa é a cidade onde a Airbnb tem mais ofertas disponíveis para o aluguer de casas e apartamentos.

O Governo francês já adoptou a legislação que regula o aluguer de apartamentos turísticos e, paralelamente, a câmara de Paris aprovou um aumento da taxa turística aplicável a estes alojamentos. Desta forma, segundo o francês Le Figaro, o Governo espera duplicar as receitas que obtém com estas taxas, que ascendem a 40 milhões de euros.

O modelo já foi introduzido em Amesterdão, e Barcelona será o próximo alvo da Airbnb, segundo a publicação espanhola.

O processo para incluir na agenda política alterações na regulação dos alojamentos turísticos já está em marcha na Catalunha. Em Julho de 2014, a Airbnb foi multada pela Generalitat em 30 mil euros por comercializar apartamentos turísticos ilegais. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI