Turismo & Lazer Câmara de Lisboa ganha 2,84 milhões com Airbnb

Câmara de Lisboa ganha 2,84 milhões com Airbnb

O pagamento da taxa turística é parte de um impacto de 476 milhões de euros que a plataforma de alojamento estima ter causado em Lisboa. No país, e pela primeira vez, os dados apontam para 1,07 mil milhões.
Câmara de Lisboa ganha 2,84 milhões com Airbnb
Wilson Ledo 02 de maio de 2017 às 12:49

A Câmara Municipal de Lisboa arrecadou, só através da plataforma de alojamento Airbnb, 2,84 milhões de euros em taxa turística. O valor é referente ao período entre Maio de 2016 e Março de 2017, sendo cobrado um euro por pernoita.

 

Os dados foram divulgados pela Airbnb esta quarta-feira, 2 de Maio, no primeiro balanço sobre o seu impacto na economia portuguesa.

 

A plataforma estima um impacto de 1,07 mil milhões de euros na economia nacional. Desse total, 166 milhões ficaram nas mãos dos anfitriões portugueses. Em média, cada um recebe 3.600 euros por ano.

 

O país recebeu através da Airbnb 1,6 milhões de hóspedes, uma subida de 75%, que ficaram em média quatro noites no país. Portugal faz-se representar por 53 mil anúncios.

 

O maior peso desta actividade faz-se sentir em Lisboa, que tem registados 6.600 anfitriões e 13 mil anúncios. Os anfitriões da capital receberam 718 mil hóspedes e arrecadaram 72 milhões de euros. Já o impacto na economia da cidade ronda os 476 milhões, quase o dobro do último balanço divulgado.

 

A Airbnb traça ainda um perfil dos anfitriões em Lisboa: têm, em média, 40 anos, vivem na cidade há 28 anos e ganham cerca de sete mil euros por ano.

 

O balanço dá ainda conta que existem mais portugueses a recorrer à plataforma de alojamento na hora de viajar. Foram 264 mil utilizadores lusos no último ano, face aos 133 mil de 2015. Do total, 77 mil utilizadores vivem em Lisboa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI