Turismo & Lazer O hotel que foi destruído pelos incêndios na Madeira

O hotel que foi destruído pelos incêndios na Madeira

O Choupana Hills Resort and Spa foi destruído pelo fogo, depois de anos de luta para se manter à tona. O empreendimento estava em insolvência e o fundo que o gere garantiu que "os hóspedes foram realojados em segurança".
Alexandra Noronha 10 de agosto de 2016 às 11:02

"Lamentamos, mas este alojamento não está a receber reservas no nosso website de momento". É esta a mensagem que aparece na página do Booking quando se procura o Choupana Hills Resort and Spa, no Funchal.

O hotel de cinco estrelas ardeu esta noite, no incêndio que devastou a capital da Madeira. A informação foi confirmada pelo presidente da Câmara da cidade, Paulo Cafôfo, durante a madrugada. O governante adiantou que o vento acabou por dificultar o trabalho dos bombeiros, que estavam a conseguir conter as chamas junto ao empreendimento.

Em comunicado, a Amazing Evolution, que gere o empreendimento, confirmou que "o Choupana Hills foi, esta noite, atingido pelas chamas no incêndio que está a devastar a Madeira. O plano de emergência foi executado com sucesso, não havendo feridos a registar entre os hóspedes ou colaboradores do hotel".

O mesmo documento refere que "até agora, não foi possível avaliar os prejuízos, uma vez que ainda não foi possível ter acesso à propriedade. Os hóspedes foram todos realojados em segurança". A Amazing Evolution garantiu ainda que "a gestão do hotel está já a tomar todas as diligências necessárias".

Num outro comunicado enviado esta tarde, a empresa que gere o hotel diz que "o Choupana Hills está a pedir a todas as pessoas que tenham feito reservas no hotel que contactem os seus agentes de viagens", garantido o "reembolso, assim que possível, de todos aqueles que consigam confirmar as reservas".

 

O Choupana Hills era um hotel emblemático da Madeira, situado na Travessa do Largo da Choupana, tendo ganho vários prémios nos últimos anos, entre os quais o "Europe Leading Boutique Resort" em 2015. 


Uma propriedade de 17 hectares, foi concebido pelo arquitecto francês Michel de Camaret e pelo arquiteto decorador Didier Lefort, segundo o site do hotel.


O Choupana Hills passou por tempos complicados durante a crise, que o obrigou mesmo a pedir insolvência, depois da redução do turismo na Madeira, devido às chuvas de 2010. Tinha 62 quartos e foi inaugurado em 2002. Actualmente estava a ser gerido pela Amazing Evolution, no âmbito do processo de insolvência.  


(Notícia actualizada às 17:10 com nova reacção da Amazing Evolution) 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI