Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O turismo como mola para o crescimento "é uma estratégia suicidária"

O economista Félix Ribeiro criticou hoje as estratégias que se baseiam no turismo como mola real para o crescimento. Um sector a que dá o nome de "imobiliário ao sol".

Rita Faria afaria@negocios.pt 19 de Outubro de 2011 às 15:05
"Toda a estratégia que aponte para que o turismo seja uma mola real de crescimento é uma estratégia suicidária, porque não se põe um país com 10 milhões de habitantes a viver do turismo", afirmou hoje Félix Ribeiro, no 4º Congresso Nacional dos Economistas.

O responsável assegurou que o sector é um elemento imprescindível para a atractividade do País e para a captação de investimento internacional, mas não pode ser considerado "o motor" do relançamento da economia portuguesa.

"O turismo que se faz hoje é imobiliário ao sol. Assim não há um aumento da produtividade nem uma saída para o crescimento", criticou o economista, sublinhando que aquilo que se verifica é "uma carga gigantesca sobre toda a população que trabalha no sentido de manter os salários abaixo dos chineses".




Ver comentários
Saber mais Felix Ribeiro turismo
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio