Turismo & Lazer Pedro Costa Ferreira: “Não contem comigo para bater em panelas. Para criticar por criticar”

Pedro Costa Ferreira: “Não contem comigo para bater em panelas. Para criticar por criticar”

Costa Ferreira vai manter-se como presidente da direcção da APAVT nos próximos três anos. Para este mandato pede diálogo entre todos os agentes do sector.
Pedro Costa Ferreira: “Não contem comigo para bater em panelas. Para criticar por criticar”
Bruno Simão/Negócios
Wilson Ledo 20 de janeiro de 2015 às 21:38

Uma postura de diálogo com a tutela, sector e "stakeholders". É o que promete Pedro Costa Ferreira, reconduzido esta terça-feira, 20 de Dezembro, como presidente da direcção da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT).

 

"Não contem comigo para bater em panelas. Para criticar por criticar", avisou no decorrer da cerimónia da tomada de posse para o triénio 2015-17, em Lisboa.

 

Apesar de Portugal ser "um destino turístico com uma motivadora história recente", o responsável não deixou de frisar a existência de obstáculos ao crescimento do sector.

 

Custos administrativos e taxas de ocupação insuficientes são alguns dos exemplos. Todavia, não deixou de reforçar o impacto positivo da "nova ordem jurídica [para o sector], que salvou centenas de agências da falência e reduziu custos de contexto".

 

O sector também soube reagir. O fundo de garantia de viagens e turismo fechou 2014 com um "saldo positivo de 2,5 milhões de euros", informou.

 

Quanto ao processo de privatização da TAP, Costa Ferreira saúda o acordo alcançado entre as partes e pede "razoabilidade" na futura relação entre a companhia aérea e as agências de viagens, já que a transportadora representa 66% da sua quota de mercado. "É necessária uma gestão mais flexível", reforçou.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI