Turismo & Lazer Radisson investe 85 milhões nos dois hotéis a abrir em Portugal e estuda "várias oportunidades"

Radisson investe 85 milhões nos dois hotéis a abrir em Portugal e estuda "várias oportunidades"

A multinacional hoteleira Radisson vai investir 85 milhões de euros nos dois hotéis a inaugurar em Lisboa e no Porto em 2021, sob a marca Radisson RED, estando "a estudar várias oportunidades" adicionais de investimento no país.
Radisson investe 85 milhões nos dois hotéis a abrir em Portugal e estuda "várias oportunidades"
DR
Lusa 24 de setembro de 2019 às 14:00

Numa resposta escrita a questões colocadas pela agência Lusa, a vice-presidente para a área de desenvolvimento de negócios do Radisson Hotel Group adianta que "há vários anos" estavam "à procura da oportunidade certa" para investir em Lisboa, que descreve como "um importante mercado". Já relativamente ao Porto, Valerie Schuermans diz tratar-se de "um destino europeu de topo".

 

Relativamente aos planos da Radisson Hotel Group para Portugal, a responsável afirma que o grupo "está a analisar várias oportunidades e está empenhado em continuar a sua história de crescimento" no país.

 

"Esperamos ter notícias em breve", acrescenta à Lusa.

 

Segundo Valerie Schuermans, "no plano anual a cinco anos traçado em 2018, o Radisson Hotel Group decidiu focar-se numa estratégia de desenvolvimento mais europeia": "Aumentar a nossa presença em Portugal, um importante destino de viagens na Europa, foi, por isso, uma prioridade", afirma.

 

Segundo destaca, quer Lisboa, quer o Porto são cidades que estão a registar "fortes aumentos da procura", apresentando "uma reduzida sazonalidade ao longo do ano", estando "o perfil destas cidades e dos turistas [que as visitam] bem adaptado à marca Radisson RED".

 

Com inauguração prevista para 2021, o novo Radisson RED Lisbon Olaias ficará implantado na zona das Olaias e será a segunda propriedade do grupo em Lisboa, onde já detém o Radisson Blu Hotel. Irá dispor de 290 quartos, ginásio e piscina no terraço.

 

Também em 2021 a marca hoteleira prevê chegar à região do Porto, com o Radisson RED Porto, projetado para Vila Nova de Gaia, num total de 278 quartos.

 

Estas duas unidades - tal como uma terceira também anunciada pela Radisson em Viena, na Áustria - são da responsabilidade da Radisson Hospitality AB, uma participada do Radisson Hotel Group, e serão geridas em regime de 'franchising' pela empresa Value One Hotel Operations.

 

A parceria com a Value One Hotel Operations é justificada por Valerie Schuermans com a "reputação" do grupo austríaco, que "já tem experiência em Portugal através do desenvolvimento e operação do seu conceito de alojamento para estudantes 'Milestone'", e que considera ser "um bom parceiro estratégico" para os "ambiciosos planos de crescimento" de ambas as empresas.

 

"A importância de Portugal como destino de viagem está a crescer e estamos entusiasmados em expandir as nossas operações com dois novos hotéis fantásticos neste mercado atrativo", refere, por sua vez, o sócio-gerente de Value One Hotel Operations, Karl Bier.

 

O Radisson Hotel Group é um dos maiores grupos hoteleiros do mundo, com mais de 1.400 unidades em funcionamento e mais de 95 mil colaboradores, detendo sete marcas de hotéis: Radisson Collection, Radisson Blu, Radisson, Park Plaza, Park Inn by Radisson, Country Inn & Suites by Radisson Inn e Radisson RED.

 

Esta última apresenta-se como "uma marca de hotel de serviço sofisticado e selecionado, que acrescenta um toque divertido ao convencional", privilegiando "zonas urbanas vibrantes" para se implantar.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI