Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Revive concessiona Mosteiro do Lorvão e palacete em São João da Madeira. Investimento de 10,9 milhões

O programa Revive adjudicou a concessão para fins hoteleiros de mais dois imóveis. O investimento estimado ascende a 10,9 milhões de euros.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 25 de Março de 2020 às 20:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O grupo Hotéis Turim ganhou a concessão do Mosteiro do Lorvão, em Penacova, para ser explorado como hotel, e a Hoti Star vai explorar o Palacete dos Condes Dias Garcia, em São João da Madeira, no âmbito do programa Revive, informou esta quarta-feira o Ministério da Economia.

 

O Mosteiro do Lorvão, fundado em 878 pelos monges de Cluny, foi adjudicado à Imobimacus - Sociedade Administradora de Imóveis, S. A., do Grupo Hotéis Turim, para a recuperação do imóvel e instalação de um estabelecimento hoteleiro. A vencedora do concurso irá pagar uma renda anual de 40 mil euros e deverá investir 6,9 milhões de euros.

 

Este imóvel fazia parte do lote de 33 inscritos na primeira fase do Revive, um programa de concessão para fins turísticos de património do Estado devoluto ou degradado.

 

Já a concessão do Palacete dos Condes Dias Garcia, em São João da Madeira, foi atribuída à Hoti Star – Portugal Hotéis, que vai pagar uma renda anual de 30.528 euros. O palacete será reconvertido num estabelecimento hoteleiro de quatro estrelas num investimento que "deverá rondar os quatro milhões de euros", refere a tutela.

 

O palacete, construído na viragem do século XIX para o século XX é "um exemplar arquitetónico do "estilo abrasileirado" ou "arquitetura dos brasileiros", símbolo da afirmação e do prestígio pessoal e riqueza do seu proprietário, António Dias Garcia, natural de São João da Madeira, que fez fortuna no Brasil".

 

O imóvel foi integrado, juntamente com outros 15, na segunda edição do Revive, lançada no ano passado.

 

Em ambos os casos, a concessão vigora por 50 anos, e a abertura ao público dos novos estabelecimentos hoteleiros está prevista para meados de 2022.

 

Até ao momento, o programa Revive já adjudicou 16 concessões, que representam um investimento estimado de 129 milhões de euros, e rendas anuais que já ultrapassam os 2,4 milhões de euros.

 

Neste momento encontram-se abertos os concursos para a concessão da Quinta do Paço de Valverde, em Évora, e do Forte da Barra de Aveiro, em Ílhavo.

 

Prevê-se para abril o lançamento de dois novos concursos para a concessão dos Fortes da Cadaveira e de S. Pedro, em Cascais, indica o Ministério da Economia.

Ver comentários
Saber mais São João da Madeira Mosteiro do Lorvão Grupo Hotéis Turim Penacova Hoti Star Palacete dos Condes Dias Garcia turismo revive
Outras Notícias