Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Turismo mundial cresceu 4% no primeiro semestre deste ano

O Barómetro da Organização Mundial de Turismo revela que 538 milhões de turistas cruzaram as fronteiras dos seus países entre Janeiro e Junho, um aumento de 21 milhões face ao mesmo período do ano passado.

Negócios 10 de Setembro de 2015 às 17:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O número de turistas internacionais cresceu 4% no primeiro semestre deste ano, revela o Barómetro da Organização Mundial de Turismo divulgado esta quinta-feira, 10 de Setembro. Os dados desta agência das Nações Unidas mostram que 538 milhões de turistas cruzaram as fronteiras dos seus países entre Janeiro e Junho, um aumento de 21 milhões face ao mesmo período do ano passado.

De acordo com os dados do Barómetro, a protecção e a segurança continuam a ser uma preocupação global, enquanto o cenário económico é comparativamente mais volátil, com a recuperação das economias avançadas a contrastar com a desaceleração das economias emergentes. O turismo também foi influenciado pelos preços mais baixos do petróleo e pelas flutuações cambiais.

Na Europa, a região mais visitada do mundo, as chegadas internacionais aumentaram 5%, beneficiando de uma moeda mais fraca na área do euro.

A região Ásia-Pacífico registou um aumento de 5% nas chegadas internacionais no primeiro semestre de 2015, com a Oceânia a liderar as subidas (7%). Nas regiões do nordeste e sudeste da Ásia (ambas com subidas de 5%) destacaram-se o Japão (47% até Julho) e a Tailândia (30% até Julho). O sul da Ásia registou um aumento relativamente modesto de 4% nas chegadas, após dois anos de crescimento de dois dígitos.

Na América, os desembarques internacionais cresceram 4% no primeiro semestre. Os poucos disponíveis para África indicam que o número de turistas decresceu 6%, devido ao impacto dos ataques terroristas e do surto de Ébola. Já no Médio Oriente, a chegada de turistas avançou 5%, consolidando a recuperação iniciada em 2014.

Ver comentários
Saber mais Organização Mundial de Turismo Europa Oceânia Ásia Japão Tailândia América África Médio Oriente turismo economia negócios e finanças
Mais lidas
Outras Notícias