Web Summit Apple alerta que "os Governos deviam ser aliados" na luta ambiental

Apple alerta que "os Governos deviam ser aliados" na luta ambiental

Lisa Jackson, vice-presidente da área ambiental da Apple, acredita que os "pensadores" presentes no Web Summit vão contribuir com inovação para "um planeta saudável".
Lusa Lusa Lusa Lusa Lusa Reuters Lusa Lusa Lusa Reuters Lusa Lusa Lusa Lusa Lusa Inês Gomes Lourenço Inês Gomes Lourenço Inês Gomes Lourenço Inês Gomes Lourenço Reuters
Sara Ribeiro 05 de novembro de 2018 às 20:07

"Em que mundo queremos viver"? Esta foi a pergunta que Tim Cook, CEO da Apple, fez há poucas semanas em Bruxelas. E foi repetida por Lisa Jackson, vice-presidente da área ambiental da Apple, na cerimónia de abertura do Web Summit esta segunda-feira.

 

Durante a sua apresentação, Lisa Jackson transmitiu uma mensagem e visão optimista face aos contributos que a novas gerações de empreendedores podem ter nas políticas para proteger o meio ambiente. 

 

Políticas estas que, para a responsável da gigante norte-americana, precisam do apoio dos Governos de cada país. "Não interessa os partidos em causa. Mas os Governos deviam ser nossos aliados", apontou.

 

Voltando ao mundo empresarial, Lisa Jackson, que falava no palco principal do Web Summit, olhou em redor e disse: "Esta sala está cheia de pensadores. Mas pensadores que também são fazedores". " E acredito que com dedicação e a vossa inovação podemos proteger o ambiente e ter negócios com sucesso", reforçou.

 

"Venho aqui com uma simples mensagem: Não há conflito em ter um  planeta saudável   com estratégias empresariais inovadoras e com sucesso", concluiu, dando como exemplo o investimento da Apple em obrigações ‘verdes’ ou a utilização de material reutilizável no fabrico dos seus produtos.

 

A terceira edição do Web Summit em Lisboa arrancou esta segunda-feira. Nos próximos quatro dias a cimeira espera receber 70 mil participantes. 

 

 




Saber mais e Alertas
pub