Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CEO da Blockchain oferece 25 dólares em moeda digital a cada participante do Web Summit

Peter Smith, CEO e co-fundador da Blockchain, quer atrair mais utilizadores para a sua plataforma por considerar que a sua base ainda é "moderada". E para que isso aconteça decidiu oferecer 25 dólares em criptomoedas a cada participante do Web Summit.

Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 06 de Novembro de 2018 às 17:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O CEO e co-fundador da Blockchain, Peter Smith, fez uma surpresa à audiência durante a sua intervenção no Web Summit: ofereceu 25 dólares em criptmoeda (Stellar Lummens) a cada participante do evento.

 

"Enquanto participante do Web Summit, garantimos-lhe um código único e exclusivo para ser dos primeiros a reclamar 25 dólares em XLM [Stellar Lummens] grátis", lê-se no email dos participantes.

 

"Esta é a maior oferta de sempre", realçou Peter Smith, que fez uma parceria com a Stellar Development Foundation. E este donativo vai alcançar um total de 125 milhões de dólares ao longo dos próximos meses, referiu ainda.

A oferta é feita em Stellar Lummens porque "o seu token, o XLM, permite transacções rápidas e 'low cost' a nível mundial". A moeda vale actualmente 27,75 cêntimos de dólar, registando uma subida de 5,75% na sessão desta terça-feira, de acordo com o portal Coin Market Cap.

Além disso, fez ainda um outro concurso, mas desta vez no Twitter. O CEO da Blockchain pediu a cada participante que tirasse uma "crypto selfie" no Web Summit e que a publicasse na rede social. No final, quem tiver mais "likes" pode ganhar 475 mil em XLM, disse Peter Smith, desafiando todos os presentes na audiência do palco principal. 

"Temos de ser humildes"

 

Para o CEO de uma das maiores carteiras de criptomoedas, é importante que as pessoas tenham contacto com esta tecnologia. Só assim poderá atrair mais utilizadores para a plataforma.

 

"Ainda há muito por crescer (…) temos de ser humildes", disse Peter Smith, notando que o número de utilizadores ainda é "moderado". "O que é importante na nova tecnologia é a forma como tem impacto na vida das pessoas. E nunca vão perceber isso até experimentarem" as moedas digitais, defendeu o co-fundador. 

 

Neste sentido, apelou ainda para a necessidade de as empresas começarem a apoiar "projectos grandes" nesta área, numa altura em que o investimento vem sobretudo dos EUA e da China. 

Relativamente ao futuro das criptomoedas, que continuam a ser conhecidas pela sua elevada volatilidade, Peter Smith prefere não fazer previsões, ao contrário do que aconteceu no ano passado. O responsável pela Blockchain quer apenas focar-se no futuro e no "reforço da sua estrutura para que possa vir a receber mais utilizadores". 

Moedas digitais devolvem "poder" às pessoas

Apesar de não querer dar estimativas, há algo que Peter Smith pensa que não vai mudar, nomeadamente o facto de o mercado das criptmoedas dar opção às pessoas. "Este mercado cria escolha e devolve o controlo aos utilizadores", disse. 

Uma opinião que é partilhada por Tim Draper, da Draper Associates e um grande investidor na Coinbase. "Poderemos escolher se queremos uma moeda determinada por uma força política ou se queremos uma moeda global", referiu. Só é preciso fazer "com que a bitcoin pague um café no Starbucks", aí a "escolha vai ser fácil". 

(Notícia actualizada às 18h56 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais criptomoeda Web Summit Peter Smith Blockchain
Mais lidas
Outras Notícias