Web Summit Marcelo alerta no Web Summit para aumento da xenofobia e intolerância

Marcelo alerta no Web Summit para aumento da xenofobia e intolerância

O Presidente da República aproveitou esta quinta-feira o encerramento do Web Summit em Lisboa para deixar um apelo para que se combata a xenofobia e a intolerância.
Marcelo alerta no Web Summit para aumento da xenofobia e intolerância
Hugo Delgado/Lusa
Pedro Curvelo 08 de novembro de 2018 às 17:36

"O digital é sobre liberdade", frisou. Esse, disse, é o maior desafio que temos pela frente, referindo o aumento da xenofobia, da intolerância, o fecho de fronteiras e guerras comerciais.

 

O chefe de Estado começou por recordar os três desafios que se colocavam no final da edição do ano passado: manter o Web Summit em Lisboa, continuar a fazer avançar a revolução digital e a consciência de que as alterações climáticas são reais e graves. Todos estes desafios foram superados, garantiu.

 

Agora, continuou, temos três novos desafios pela frente.

 

"Cada ano do Web Summit tem de ser melhor e diferente do anterior. E temos de criar uma plataforma digital permanente em Lisboa, em Portugal", frisou.

 

De seguida, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que tinha acabado de vir de uma reunião com refugiados. "Não podemos esquecer o resto da sociedade. A tecnologia tem de servir as comunidades e aproximar as pessoas", vincou.

 

O terceiro desafio está na luta pela liberdade, tendo Marcelo aludido a fenómenos como os avanços da intolerância e xenofobia, o encerramento de fronteiras e as guerras comerciais. "O terceiro [desafio] e mais difícil é que o digital é sobre liberdade, abertura, e estamos a ver no mundo o contrário, com xenofobia, guerras de comércio, muros", reforçou, sendo aplaudido pela plateia.




pub