Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CPR altera notação da EDIA, passando-a de AA para AA-, mantendo a tendência negativa

A Fitch Ratings anunciou a 24 de Março de 2010 a descida da notação de médio e longo prazo da República Portuguesa, passando-a de AA para AA-, e mantendo a respectiva tendência em negativa.

Negócios negocios@negocios.pt 01 de Abril de 2010 às 14:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...


A Fitch Ratings anunciou a 24 de Março de 2010 a descida da notação de médio e longo prazo da República Portuguesa, passando-a de AA para AA-, e mantendo a respectiva tendência em negativa. Esta alteração é justificada pelo aumento do déficit das contas públicas, que aumentou em 2009 para 9,3% do Produto Interno Bruto (PIB), face a 6,5% previsto pela Fitch Ratings em Setembro de 2009.

Este incremento do déficit ampliou de forma significativa a escala das medidas orçamentais necessárias para a médio prazo estabilizar e reduzir o endividamento público. A preocupação quanto ao impacto a médio prazo da crise económico-financeira global na economia e finanças públicas portuguesas, tendo em consideração as fraquezas desta economia e o seu nível de endividamento, constituem as razões da manutenção da tendência negativa atribuída pela Fitch Ratings à notação dos compromissos financeiros de médio e longo prazo da República Portuguesa.


Com esta alteração, as notações de risco de crédito de médio e longo prazo atribuídas à República Portuguesa são: Aa2, com tendência negativa, pela Moody’s Investors Service, AA-, com tendência negativa, pela Fitch Ratings, e A+, com tendência negativa, pela Standard & Poor’s.

Assim, dadas as notações de médio e longo prazo actualmente atribuídas à República Portuguesa, a Companhia Portuguesa de Rating, S.A. é da opinião que a capacidade de pagamento a médio e longo prazo (rating de emitente e de emissões) da EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A. é muito forte, embora apresentando alguma vulnerabilidade a modificações adversas da conjuntura, mas altera-lhe a notação de AA para AA-, mantendo a respectiva tendência negativa.





www.cprating.pt

Nota: Os ratings da CPR não constituem recomendações para comprar ou vender. Esta nota não dispensa a leitura do relatório.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias