A sua semana dia-a-dia: Resultados em Lisboa e reunião do BCE agitam semana

A semana será marcada pela divulgação de resultados na praça lisboeta. A nível internacional, o destaque vai para a reunião de política monetária do BCE e o PIB nos EUA.
Jornal de Negócios
pub
Patrícia Abreu 22 de julho de 2018 às 19:00

Segunda-feira Confiança dos consumidores na Zona Euro


A confiança dos consumidores na Zona Euro deverá ter-se deteriorado em Julho. De acordo com as estimativas da Bloomberg, este indicador deverá ter recuado de -0,5 pontos para -0,7 pontos, num ambiente de crescente tensão em torno das tarifas comerciais.
Terça-feira Bancos europeus divulgam resultados do trimestre
Depois dos maiores bancos dos EUA já terem apresentado os resultados do primeiro semestre, seguem-se as instituições financeiras na Europa. O UBS divulga esta terça-feira os números da actividade no segundo trimestre. Já o Deutsche Bank, cuja apresentação de resultados estava agendada para quarta-feira, antecipou na semana passada a divulgação das contas. Nos EUA, o sector tecnológico estará em destaque, com empresas como a Alphabet, Amazon ou Facebook a reportarem resultados.
Quarta-feira Juncker reúne-se com Trump para debater tarifas

O tema das tarifas comerciais vai manter-se quente. O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e a comissária europeia para o comércio, Cecilia Malmström, vão encontrar-se com Donald Trump, em Washington. Em cima da mesa estarão negociações sobre uma nova ronda de tarifas nos EUA sobre os carros europeus importados para o país.

Quinta-feira Mario Draghi mantém estímulos e taxas inalteradas

O Banco Central Europeu (BCE) realiza esta quinta-feira a sua reunião de política monetária. A instituição deverá deixar a sua política de estímulos e as suas taxas de juro inalteradas. Actualmente a taxa de referência está em 0% e a expectativa é que a entidade liderada por Mario Draghi anuncie a primeira subida de juros apenas na segunda metade de 2019. Draghi poderá falar, na conferência de imprensa, do impacto da guerra comercial na economia do euro. 

Quinta-feira Lucros do BCP deverão ter subido 60% no semestre
O BCP deverá ter fechado o primeiro semestre com um resultado líquido de 144 milhões de euros, o que representa um crescimento de 60% face ao mesmo período do ano passado, de acordo com as estimativas do BPI. O banco é uma das 16 cotadas que apresentam contas em Lisboa esta semana. Jerónimo Martins, Nos, EDP e Semapa são algumas das cotadas a apresentar contas.
 
Sexta-feira Economia dos EUA cresce 4% no segundo trimestre
O produto interno bruto (PIB) norte-americano deverá ter registado um crescimento homólogo de 4,2%, no segundo trimestre de 2018, segundo previsões da Bloomberg. Trata-se, de acordo com a agência noticiosa, do maior crescimento desde 2014.  

Sexta-feira França abranda no trimestre
No mesmo dia em que é conhecida a evolução da economia dos EUA, são também publicados os números relativos ao PIB francês no segundo trimestre. A economia de França registou um crescimento anual de 1,9%, nos últimos três meses de 2018, face aos 2,2% no primeiro trimestre.
pub

pub