Bolsa A semana em oito gráficos: Acordo EUA-China dá recordes às bolsas mundiais

A semana em oito gráficos: Acordo EUA-China dá recordes às bolsas mundiais

As bolsas de ambos os lados do Atlântico ganharam terreno no acumulado da semana, sustentadas sobretudo pela assinatura formal do acordo comercial parcial EUA-China.
A semana em oito gráficos: Acordo EUA-China dá recordes às bolsas mundiais
EPA

Os principais mercados acionistas da Europa Ocidental e dos Estados Unidos registaram um saldo semanal positivo, sobretudo devido à assinatura formal do acordo entre Washington e Pequim, que aliviou os receios quanto às fricções comerciais entre as duas maiores economias do mundo.

 

Na Europa, índice de referência Stoxx600 estabeleceu mesmo um novo máximo histórico (424,90 pontos) na sexta-feira.

 

Também Wall Street marcou sucessivos máximos de sempre ao longo de toda a semana.

 

Este acordo também impulsionou o petróleo, que terminou a semana a eliminar a quase totalidade das perdas decorrentes do anúncio de que as reservas desta matéria-prima estão bem constituídas a nível mundial.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI