Bolsa A semana em oito gráficos: Juros disparam em Portugal e Itália e PSI-20 destaca-se pela positiva na Europa

A semana em oito gráficos: Juros disparam em Portugal e Itália e PSI-20 destaca-se pela positiva na Europa

As bolsas do Velho Continente tiveram tendências mistas no acumulado da semana, com a praça lisboeta e a madrilena em destaque nos ganhos e a londrina a sobressair nas perdas. Já o euro, apesar do recuo de sexta-feira, teve um saldo semanal positivo.

A bolsa nacional valorizou 1,77% esta semana, elevando para 4,21% o ganho desde o início do ano. Foi a praça da Europa Ocidental com melhor desempenho no conjunto das cinco sessões.

 

As cotadas com melhor performance no PSI-20 foram uma vez mais as do papel, com a Altri a subir 11,76%, a Navigator a ganhar 8,36% e a Semapa a pular 8,01% no conjunto dos cinco dias. A cotada que mais terreno perdeu foi a F. Ramada, tal como na semana precente, a ceder 6% entre segunda e sexta-feira.

 

As restantes bolsas europeias negociaram em terreno misto, com a praça madrilena a sobressair pela positiva e a londrina pela negativa.

 

Entre as cotadas europeias que mais se destacaram pelo lado negativo esteve a empresa química alemã Wacker Chemie, que contribuiu para que o índice de referência europeu Stoxx600 caísse 0,50% no saldo semanal.

 

Nos EUA, os principais índices tiveram uma performance positiva no acumulado da semana.

 

Já no mercado cambial, o euro valorizou entre segunda e quinta-feira, tendo apenas cedido terreno na última sessão da semana devido à procura, pelos investidores, de divisas-refúgio como o iene e o franco suíço.

 

Nas matérias-primas, o petróleo registou uma queda no cômputo da semana, numa altura em que se tenta perceber se a OPEP vai ou não decidir-se por colocar mais crude no mercado.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI