Bolsa A semana em oito gráficos: Medicamentos promissores animam bolsas e queda de stocks impulsiona petróleo

A semana em oito gráficos: Medicamentos promissores animam bolsas e queda de stocks impulsiona petróleo

As bolsas europeias ganharam terreno na semana, com os principais índices de Wall Street a seguirem a mesma tendência.
A semana em oito gráficos: Medicamentos promissores animam bolsas e queda de stocks impulsiona petróleo
Reuters
Carla Pedro 23 de maio de 2020 às 09:30

As bolsas europeias subiram com firmeza, numa semana em que os investidores se mostraram agradados com os progressos realizados pelas farmacêuticas em todo o mundo, com resultados promissores de medicamentos de combate à covid-19, bem como pelos resultados positivos de algumas cotadas de peso.

 

A praça lisboeta foi a que mais valorizou entre as principais bolsas da Europa Ocidental, a escalar mais de 6%.

 

No final da semana alguns índices do Velho Continente e dos EUA recuaram devido ao reavivar das fricções entre os EUA e a China, a par com renovados confrontos em Hong Kong, mas não foram descidas com dimensão suficiente para impedirem um ganho semanal.

 

O petróleo também se destacou nas subidas, animado pela queda das reservas norte-americanas de crude, pelo cumprimento dos cortes de produção na OPEP+ e pela maior procura de combustível na fase de desconfinamento - se bem que o ritmo dessa retoma ainda suscite receios, já que o consumo está ainda longe do período pré-pandemia.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI