Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Pharol deslizam mais de 5%

A Pharol convocou os accionistas com o intuito de aprovar um aumento de capital, que poderá duplicar o actual valor. Tudo para conseguir acompanhar o aumento de capital da brasileira Oi. As acções estão a deslizar em bolsa.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 17 de Agosto de 2018 às 09:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 19
  • ...

As acções da Pharol recuam 3,55% para 0,2175 euros, tendo chegado a perder 5,54% para 0,213 euros, o que corresponde ao valor mais baixo desde Abril.

 

Os investidores reagem assim à convocatória de uma assembleia geral de accionistas, agendada para o dia 7 de Setembro. Nesta reunião os accionistas da empresa liderada por Palha da Silva terão de decidir se viabilizam a proposta de aumento de capital, que poderá duplicar o valor existente.

 

A proposta visa elevar o capital dos actuais 26,89 milhões de euros para um valor até 55,48 milhões, "conforme necessário para acorrer ao aumento do capital social da Oi", revela a Pharol no comunicado publicado na quinta-feira, 16 de Agosto.

 
O preço a que serão vendidas as novas acções ainda não está fechado, uma vez que vai depender das necessidades, mas a Pharol estabeleceu um intervalo entre 0,0735 e 0,1576 euros.

Esta operação tem como intenção acompanhar o aumento de capital da brasileira Oi. A Pharol, que já foi a maior accionista com mais de 22% do capital da Oi, tem agora menos de 8% da brasileira, depois de não ter participado na recapitalização da operadora através da conversão de dívida em acções. Esta foi a primeira etapa dos dois aumentos de capital previstos no âmbito do plano de recuperação judicial da empresa de telecomunicações brasileira. 

Ver comentários
Saber mais Pharol Oi Palha da Silva telecomunicações
Mais lidas
Outras Notícias