Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções americanas fecham a subir impulsionadas por tecnológicas

As acções americanas fecharam a subir, beneficiando da perspectiva de mais fusões e aquisições no sector tecnológico, com a compra da Veritas Software pela Symantec. Depois da Fed subir os juros, o Nasdaq ganhou 0,53% e o Dow Jones subiu 0,36%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 14 de Dezembro de 2004 às 21:06
  • Partilhar artigo
  • ...

As acções americanas fecharam a subir, beneficiando da perspectiva de mais fusões e aquisições no sector tecnológico, com a compra da Veritas Software pela Symantec. Depois da Fed subir os juros, o Nasdaq ganhou 0,53% e o Dow Jones subiu 0,36%.

O Nasdaq fechou a valer 2.159,84 pontos e o Dow Jones terminou nos 10.676,45 pontos.

A sessão foi marcada pela decisão da Reserva Federal (Fed) subiu hoje as taxas de juro nos Estados Unidos para 2,25%, no quinto aumento dos últimos seis meses, e manteve a «promessa» de aumentar o preço do dinheiro a um ritmo «moderado». Este movimento era já aguardado e estava descontado nos mercados, que subiram após anunciada a decisão.

As empresas de tecnologias e telecomunicações animaram a sessão, com perspectivas de fusões e aquisições. A Sprint ganhou 2,17%, com rumores de que a empresa vai ser alvo de uma aquisição por parte da Verizon e da Vodafone.

A Veritas crescia 8,69%, depois do New York Times ter noticiado que a Symantec está em conversações para adquirir a empresa. Com uma valorização de 2,7%, a Intel foi das principais responsáveis pela subida do Nasdaq.

A Alcoa liderou a queda dos índices, depois da JP Morgan ter cortado a recomendação da empresa para «neutral». A líder mundial na produção de alumínio desceu 1,61%.

Ver comentários
Outras Notícias