Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções americanas fecham em queda penalizada por farmacêuticas

As acções americanas terminaram em queda, penalizadas pelas farmacêuticas, depois da Pfizer ter anunciado que um dos seus medicamentos aumenta o risco de ataques cardíacos. O Nasdaq caiu 0,51% e o Dow Jones cedeu 0,52%.

Negócios negocios@negocios.pt 17 de Dezembro de 2004 às 21:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções americanas terminaram em queda, penalizadas pelas farmacêuticas, depois da Pfizer ter anunciado que um dos seus medicamentos aumenta o risco de ataques cardíacos. O Nasdaq caiu 0,51% e o Dow Jones cedeu 0,52%.

O Nasdaq fechou a valer 2.135,50 pontos e o Dow Jones terminou nos 10.649,92 pontos numa sessão marcada ainda pelo fecho dos contratos de futuros e opções nos EUA.

A maior farmacêutica mundial, a Pfizer, afirmou que o analgésico Celebrex apresentou um nível maior de risco para o coração dos pacientes em estudo do que um placebo. O analgésico é da mesma classe que o Vioxx, que a Merck se viu a obrigada a retirar do mercado este Verão.

As acções da companhia fecharam a descer 11,15%, na maior queda desde 1987, e pressionaram os títulos de outras farmacêuticas. A Merck caiu 0,75% e a Eli Lilly desceu 2,53%.

Ainda a pressionar os índices a Intel depreciou 1,57%, a Microsoft caiu 1,33% e a General Motors perdeu 1,55%.

Outras Notícias