Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Accões americanas fecham mistas com Cisco a pressionar tecnológicas

As acções americanas fecharam em mistas, com as instituições financeiras a impulsionar o Dow Jones e a Cisco Systems a pressionar as companhias tecnológicas. O Nasdaq cedeu 1,24% e o Dow Jones ganhou 0,28%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 06 de Agosto de 2003 às 21:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções americanas fecharam em mistas, com as instituições financeiras a impulsionar o Dow Jones e a Cisco Systems a pressionar as companhias tecnológicas. O Nasdaq cedeu 1,24% e o Dow Jones ganhou 0,28%.

O Nasdaq fechou a cair para os 1.652,68 pontos, enquanto o Dow Jones conseguiu uma avanço para os 9.061,74 pontos.

Num dia sem indicadores económicos, os resultados da Cisco Systems marcaram a sessão. A companhia decepcionou os investidores, ao prever uma manutenção das receitas no presente trimestre e viu as suas acções deslizarem 6,21%.

No sector tecnológico a Apple caiu 3,68% e a Dell Computer desvalorizou 2,64%.

A Microsoft conseguiu fechor praticamente inalterada, apesar da Comissão Europeia ter hoje dado um ultimato à companhia devido às suas práticas monopolistas, ameaçando uma multa. Os analistas explicam que esta decisão já é esperada e o valor da potencial multa será irrelevante para a gigante de «software» norte-americana.

As companhias financeiras lideraram os ganhos, após vários bancos de investimento terem recebido recomendações positivas. Entre elas, a Lehman Brothers cresceu 3,13% e a Morgan Stanley valorizou 3,23%.

No Dow Jones o Citigroup avançou 1,09% e a JP Morgan Chase cresceu 0,79%.

O american depositary receipt (ADR) da Portugal Telecom (PT) caiu 0,45% para os 6,70 dólares (5,88 euros), enquanto em Lisboa a empresa fechou nos 5,90 euros.

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) baixou 0,97% até aos 22,43 dólares (19,69 euros), enquanto em Lisboa a empresa fechou nos 1,97 euros. Cada ADR equivale a 10 acções da eléctrica nacional.

Outras Notícias