Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções americanas sobem impulsionadas pelo retalho; Nasdaq cresce 2,47%

As acções americanas subiram, depois da Lowe ter anunciado lucros trimestrais acima do esperado, aumentando o optimismo dos investidores quanto à recuperação dos resultados das empresas. O Dow Jones cresceu 2,43%, enquanto o Nasdaq avançou 2,47%.

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 19 de Agosto de 2002 às 21:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções norte-americanas subiram, depois da retalhistas Lowe ter anunciado lucros trimestrais acima do esperado, aumentando o optimismo dos investidores quanto à recuperação dos resultados das empresas. O Dow Jones cresceu 2,43%, enquanto o Nasdaq avançou 2,47%.

O índice industrial [INDU] fixou-se nos 8.991,28 pontos, enquanto o Nasdaq [CCMP] encerrou nos 1.394,68 pontos.

A Lowe progrediu 4,2% para os 40,99 dólares (41,99 euros), enquanto a sua rival Home Depot, que conta com uma ponderação de 2,25% no Dow, subiu 3,17% para os 28,99 dólares (29,70 euros).

Os lucros da fabricante de electrodomésticos aumentaram 42% no segundo trimestre, devido à abertura de novas lojas e a um controlo rigoroso das despesas. Os lucros da segunda maior retalhista de artigos para o lar aumentaram para os 467 milhões de dólares (474,7 milhões de euros), ou 59 cêntimos de dólar por acção, no segundo trimestre, enquanto os analistas estimavam que a empresa registasse lucros de 54 cêntimos por acção.

Os mercados accionistas norte-americanos aumentaram os seus ganhos, depois do Conference Board ter revelado que o seu índice de indicadores económicos recuou 0,4% em Julho. Apesar de ter sido a maior quebra desde Setembro passado, a descida ficou aquém do esperado pelos analistas que estimavam uma descida de 0,5%.

A Wal-Mart beneficiou das subidas das suas congéneres, ao valorizar 1,67%.

No Nasdaq, os ganhos foram liderados pela Microsoft, que apreciou 4%, e pela Intel, cujos papéis progrediram 3,79%.

O «American Depositary Receipt» (ADR) da Portugal Telecom (PT) fechou nos 5,85 dólares (5,99 euros), enquanto em Lisboa, os títulos da operadora encerraram nos 6 euros. Cada ADR representa uma acção da PT [PTC].

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) fechou nos 16,85 dólares (17,26 euros), enquanto em Lisboa, os papéis da eléctrica nacional encerraram nos 1,70 euros. Cada ADR representa 10 acções da EDP [EDP].

Ver comentários
Outras Notícias