Bolsa Acções da Swatch afundam com maior queda de lucros em 15 anos

Acções da Swatch afundam com maior queda de lucros em 15 anos

A relojoeira suíça em forte queda no mercado. Já negociou em mínimos de seis anos e meio, tudo graças à forte queda dos lucros que a própria Swatch antevê para o primeiro semestre.
Acções da Swatch afundam com maior queda de lucros em 15 anos
Bloomberg
André Tanque Jesus 15 de julho de 2016 às 09:47

A Swatch está a negociar em forte queda esta sexta-feira, 15 de Julho. As acções da relojoeira suíça estão a afundar mais de 10%, tendo já chegado a negociar num mínimo de Dezembro de 2009. A pressionar os títulos estão os resultados do primeiro semestre, que a empresa revelou ficarem entre 50% a 60% abaixo do registado no mesmo período do ano passado.

249,80 francos suíços por acção. Este é o valor mais baixo a que a Swatch já negociou esta sexta-feira, correspondendo a uma queda de 13,71%. Actualmente, a relojoeira suíça segue a perder 11,12% para negociar nos 257,30 francos. Isto depois de a empresa anunciar que irá divulgar os dados do primeiro semestre a 21 de Julho, antecipando um forte queda dos lucros.

"Prevê-se que os resultados operacionais e o lucro líquido fiquem entre 50% a 60% abaixo" do registado no primeiro semestre de 2016, revelou a empresa num comunicado divulgado esta sexta-feira. A confirmar-se, explica a Bloomberg, esta será a maior queda dos lucros em, pelo menos 14 anos.

Uma forte queda que fica a dever-se à redução de 12% das vendas líquidas, com uma travagem brusca em mercados como Hong Kong, França e Suíça. Por outro lado, a Swatch salienta no mesmo comunicado que o mercado da China continental continua a evoluir favoravelmente para a empresa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI