Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções norte-americanas iniciam pouco alteradas; Nasdaq cede 0,02% (act.)

O Dow Jones e o Nasdaq começaram a sessão a caírem ambos 0,02%, pressionados pelos semicondutores, depois de uma revisão em baixa por parte da Merrill Lynch e SSSB, no dia em que George Bush discursa em Wall Street sobre o combate à fraude.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 09 de Julho de 2002 às 14:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Dow Jones e o Nasdaq começaram a sessão a caírem ambos 0,02%, pressionados pelos semicondutores, depois de uma revisão em baixa por parte da Merrill Lynch e SSSB, no dia em que George Bush discursa em Wall Street sobre o combate à fraude.

O Nasdaq [CCMP] marcava na abertura 1.405,37 pontos, enquanto o Dow Jones [INDU] descia para os 9.273,38 pontos, ambos a negociarem nas vizinhanças da cotação de fecho de segunda-feira.

O índice S&P 500, que agrega as 500 maiores empresas norte-americanas, marcava 976,98 pontos, o mesmo valor de fecho da véspera. O índice já perdeu cerca de 15% do seu valor em 2002, com os investidores apreensivos no que concerne às práticas contabilísticas das empresas.

Com o objectivo de restabelecer a confiança dos consumidores, hoje, duas horas após a abertura, George W.Bush, presidente dos Estados Unidos (EUA) discursará em Wall Street, reiterando as medidas da sua administração que visam combater as fraudes ao nível da contabilidade das empresas.

A maior transparência nas contas das grandes empresas, o reforço do financiamento da Securities Exchange Commission (SEC), bem como a duplicação da pena de prisão para os gestores que tentem ludibriar os investidores, são algumas da medidas que ião ser apresentadas pelo inquilino da Casa Branca.

O segmento dos «chips», pressionava os índices, e as acções da Intel retrocediam 1,19% para os 18,28 dólares (18,52 euros), depois da Salomon Smith Barney (SSSB) ter descido o preço-alvo da Intel de 45 dólares (45,60 euros) para os 27 dólares (27,36 euros), revendo igualmente em baixa os lucros de 2002 e 2003.

O recuo nas vendas no sector levou hoje a Merrill Lynch a descer a recomendação para 13 empresas ligadas ao fabrico de equipamentos de semicondutores. A Applied Materials e a Novellus Systems, ambas visadas por esta revisão, negociavam com quedas de 5,4% e 4,96%, respectivamente.

Em contra ciclo, as acções da AOL Time Warner valorizam 1,07% para os 14,16 dólares (14,34 euros). A maior empresa de media do mundo disse ter conseguido um acordo com um grupo de bancos, que garantirá à empresa um empréstimo de 10 mil milhões de dólares (10,13 mil milhões de euros), numa altura em que as obrigações da empresa estão escalonadas na categoria de «junk».

No sector farmacêutico, as acções da Merck caíam 1,42% para os 47,11 dólares (47,74 euros). Segundo a imprensa local, a intenção da Merck de dispersar a Medco Health Solutions em mercado continua sólida, apesar do recente escândalo contabilístico.

Ver comentários
Outras Notícias