Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ACF corta recomendação da Corticeira Amorim e vê potencial de queda de 1,3%

O banco de investimento espanhol atribui um preço-alvo de 11,25 euros às ações, ligeiramente abaixo dacotação de fecho da última sessão.

Jorge Miguel Gonçalves/Sábado
Rita Faria afaria@negocios.pt 20 de Dezembro de 2019 às 13:26
  • Partilhar artigo
  • ...

O banco de investimento espanhol Ahorro Corporacion Financiera cortou a recomendação para as ações da Corticeira Amorim de "comprar" para "manter".

 

Numa nota assinada pela analista Beatriz Perez, e citada pela Bloomberg, a instituição espanhola fixa um preço-alvo para os títulos da Corticeira Amorim de 11,25 euros, cerca de 1,3% abaixo da cotação de fecho da última sessão (11,40 euros).

 

O Negócios não teve acesso à nota de análise pelo que não é possível explicar o que esteve na origem do corte da recomendação.

 

Segundo os dados da Bloomberg, o preço-alvo médio atribuído à empresa liderada por António Rios Amorim é 12,13 euros, sendo que o target mais baixo é de 10 euros e o mais alto de 13,50 euros.

 

A empresa tem seis recomendações de "comprar"e duas de "manter".

 

As ações estão a descer 0,53% para 11,46 euros, depois de já terem desvalorizado um máximo de 1,75% para 11,20 euros. Desde o início do ano somam mais de 28%.

Ver comentários
Saber mais Corticeira Amorim research Ahorro Corporacion Financiera
Outras Notícias