Bolsa Altri dispara mais de 10% com subida dos lucros e do dividendo

Altri dispara mais de 10% com subida dos lucros e do dividendo

As ações da empresa de pasta estão a reagir com fortes ganhos à subida de 102,5% dos lucros, no ano passado, e ao aumento de 140% no dividendo que será pago aos acionistas. Os títulos estão a registar o maior ganho desde outubro.
Rita Faria 14 de março de 2019 às 08:16

As ações da Altri estão a acentuar a tendência de ganhos da abertura desta quinta-feira, 14 de março, depois de a empresa de pasta ter reportado um aumento dos lucros e do dividendo a ser pago aos acionistas. Os títulos sobem 10,06% para 7,88 euros, o que corresponde à maior subida desde outubro.

Ontem, após o fecho do mercado, a empresa revelou que fechou o exercício de 2018 com lucros de 194,5 milhões de euros, o que traduz um aumento de 102,5% face ao resultado líquido de 96,1 milhões obtido no ano anterior.  

Em comunicado, a produtora de pasta salientou que 2018 foi "um ano histórico", tendo a sua produção atingido um novo recorde, de 1.097 mil toneladas de pasta produzida, mais 5% do que no ano anterior.

 

Com o forte aumento dos lucros, a Altri decidiu subir a remuneração a ser paga aos acionistas, propondo um dividendo de 72 cêntimos por ação, mais 140% do que os 30 cêntimos por título no ano passado.

 

Com o pagamento de um dividendo de 72 cêntimos por ação – o valor mais alto da história da empresa - a Altri vai entregar aos acionistas um total de 148 milhões de euros, 76% dos lucros obtidos.

 

No ano passado, a companhia pagou 61,5 milhões de euros, o que representou um "payout" de 64%.

 

Ao dividendo que vai pagar este ano corresponde uma rendibilidade ("dividend yield") de 10%.

 

A forte subida desta quinta-feira eleva para 23,45% a valorização acumulada pelas ações desde o início do ano.

As ações acentuam assim a tendência de ganhos registada logo na abertura, tendo já trocado de mãos mais de um milhão de títulos, quando a média diária dos últimos seis meses ronda os 400 mil. 

A subida dos títulos é a mais pronunciada desde 25 de outubro, dia em que a Altri reagiu a uma nota de análise da JB Capital Markets, que na altura aumentou a avaliação da cotada, atribuindo um potencial de valorização superior a 30%.

Atualmente o preço-alvo médio da Altri está nos 9,01 euros, tendo em consideração cinco bancos de investimento, o que confere às ações um potencial de valorização superior a 14% face ao atual valor da cotada. 

(Notícia atualizada às 12:20 com atualização da cotação)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI