Trading Altri foi estrela ao disparar mais de 8% após aumento de lucro e dividendo

Altri foi estrela ao disparar mais de 8% após aumento de lucro e dividendo

A produtora de pasta da papel fechou a sessão a somar acima de 8%, isto depois de ter chegado a ganhar mais de 10% para máximos de novembro. A Altri beneficiou do facto de ter reportado lucros de quase 195 milhões de euros em 2018.
Altri foi estrela ao disparar mais de 8% após aumento de lucro e dividendo
David Martins 

A Altri disparou 8,24% para 7,75 euros na sessão desta quinta-feira, 14 de março, o que representa a maior subida diária em bolsa desde 25 de outubro do ano passado, dia em que ganhou 8,31%. 

Isto num dia em que a cotada coliderada por Paulo Fernandes e Borges Oliveira chegou a subir 10,75% para 7,93 euros, cotação que representa um máximo desde 1 de novembro de 2018. Foi a segunda sessão consecutiva em que a Altri acumulou valor em bolsa.

Foi também um dia marcado pela forte liquidez dos títulos acionistas da cotada, já que trocaram de mãos ao longo da sessão perto de 1,781 milhões de ações, valor que compara com a média diária nos últimos seis meses que se fixa em menos de 408 mil títulos.

Tratou-se ainda do maior volume de ações transacionadas desde que em junho de 2016 foram superados os 2,2 milhões de títulos acionistas negociados.

A subida de hoje foi a mais forte entre as cotadas do PSI-20, sendo que a empresa de pasta e papel foi uma das que contribuiu para o ganho acima do 1% do índice.

No final da sessão de hoje, a Altri soma uma valorização de 33% desde o início de 2019 para uma capitalização bolsista de 1.583,6 milhões de euros.

Este desempenho acontece um dia depois de a produtora de pasta de papel ter comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) com um lucro de 194,5 milhões de euros, resultados que representa um crescimento de 102,5% face aos 96,1 milhões de lucros conseguidos no ano anterior.

A cotada que opera no setor do papel revelou em comunicado que 2018 foi "um ano histórico", com a produção da empresa a atingir um patamar recorde (1.097 mil toneladas de pasta produzida, mais 5% do que em 2017).

Este expressivo aumento dos lucros permitiu à empresa anunciar ainda que irá propor o pagamento aos acionistas de um dividendo de 72 cêntimos por ação. Se aprovado, este dividendo de 72 cêntimos por ação configura um aumento de 140% comparativamente com o dividendo de 30 cêntimos que foi distribuído pelos acionistas relativamente ao exercício financeiro de 2017. Este dividendo corresponde a uma rendibilidade ("dividend yield") de 10%.

Ao distribuir um dividendo de 72 cêntimos, a Altri vai pagar o valor mais alto da sua história, uma vez que distribuirá um total de 148 milhões de euros pelos acionistas, o equivalente a 76% dos lucros obtidos. O que compara com os
 61,5 milhões de euros pagos no ano anterior, representativos de um "payout" de 64%.

 

Atualmente o preço-alvo médio da Altri está nos 9,01 euros, tendo em consideração cinco bancos de investimento, o que confere às ações um potencial de valorização superior a 14% face ao atual valor da cotada. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI