Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Altri lidera ganhos que levam PSI-20 a máximos de dois meses

A bolsa nacional somou mais um dia positivo, acompanhando as congéneres do resto da Europa, e fixou máximos de dois meses. A Altri foi a cotada que mais brilhou, animada pela subida do preço-alvo por parte do CaixaBank/BPI e do Santander.

A bolsa portuguesa tem sido incapaz de atrair novas empresas para o mercado de capitais português.
Miguel Baltazar
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 30 de Março de 2021 às 16:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 25
  • ...
O PSI-20 terminou a sessão desta terça-feira com uma subida de 0,52%, para os 4.889,77 pontos, o valor de fecho mais elevado desde 25 de janeiro.

A praça alfacinha acompanhou a tendência positiva vivida no resto da Europa, num dia em que 10 cotadas fecharam no verde, uma inalterada e sete em território negativo.

A Altri ganhou 10,09%, para os 6,43 euros, e marcou um novo máximo desde junho de 2019. As ações da papeleira foram impulsionadas pela revisão em alta do preço-alvo por parte do CaixaBank/BPI e do Santander.

O bom desempenho da Altri contagiou a Navigator, que avançou 2,78%, para os 2,81 euros. 

Ainda pela positiva destacaram-se o BCP, com um ganho de 2,42%, e a Ibersol, que subiu 2,32%.

No setor energético, o dia foi negativo, com exceção da EDP Renováveis, que valorizou 0,57%. Isto depois de ontem ao final do dia ter sido divulgado que o JPMorgan reviu em alta a recomendação para as suas ações, de 'neutral' para 'overweight'.

A EDP foi a cotada mais castigada na energia, perdendo 1,42%, seguida da Galp, que recuou 1,09%. A REN também fechou no vermelho, cedendo 0,21%.

As ações da Jerónimo Martins também terminaram o dia em território negativo, com uma descida de 0,61%.
Ver comentários
Saber mais Altri PSI-20 fecho bolsa
Outras Notícias